>Eis uma descoberta arqueológica sensacional (para não dizer fofa):

Este é um pedaço de casca de bétula com algumas incrições. Foi localizado na Rússia em 1951 e data do século XII. Não é nenhum documento histórico importante, mas, para estudantes de todo mundo tem um valor sentimental inestimável. Ou pelo menos deveria ter. 
Trata-se de uma das primeiras lições de escrita de um menino de 6 anos chamado Onfim. Mas seu valor não está naquelas letras (para nós estranhas) ainda inseguras e improvisadas e sim naquelas figuras humanas rabiscadas no meio do fragmento.

O menino Onfim não foi o primeiro, nem o único garoto a ficar desenhando entediado durante uma aula. Quase um milênio depois, nós ainda somos capazes de entendê-lo perfeitamente pois continuamos a fazer a mesma coisa…


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *