Joia Cerebral

Negro, brilhante e disforme, um fragmento mineral descoberto perto de Pompeia teria sido formado a partir do cérebro de uma vítima da erupção do Vesúvio Na manhã de 24 de agosto de 79, quando o Monte Vesúvio explodiu, o guardião do Collegium Augustalium ainda estava na cama [1]. Seu corpo seria encontrado Leia mais…

A cidade que não era

Ruínas de uma cidade perdida ao largo de uma famosa ilha grega foram examinadas por cientistas da Grécia e do Reino Unido. Resultado: não eram ruínas. Cidades submersas não são um fenômeno incomum no litoral do Mar Mediterrâneo. Exemplos bem conhecidos e bem documentados são partes de Alexandria (Egito) e Leia mais…

O Copérnico Maia

Famosos pelo seu calendário complexo, os maias também tinham um mecanismo para corrigi-lo. Semelhante ao nosso ano bissexto, esse sistema pode ter surgido bem antes de Copérnico. Descoberta há cerca de 120 anos, a Tabela de Vênus do Códex de Dresden é notável pelos registros dos movimentos do segundo planeta Leia mais…

Tumores pré-históricos

Este tumor ósseo tem milhões de anos – e teria sido uma pedra no sapato de seu portador, se houvesse sapatos em um passado tão remoto. [imagem: Patrick Randolph-Quinney]

Para muita gente, o câncer é uma doença moderna, resultado de nossos maus hábitos, da poluição ambiental ou da crescente longevidade humana. Como se fosse um castigo pelo nosso atual estilo de vida. E, no entanto, a história dessa doença é bem antiga. Gregos e romanos já haviam descrito a existência de tumores na antiguidade, comparando a dor de seu crescimento às pinçadas de um caranguejo — câncer é caranguejo em latim. Agora, pesquisadores britânicos e sul-africanos descobriram evidências antiquíssimas: tumores em fósseis de hominídeos. (mais…)

Os tablets de Londinium

Não é difícil encontrar tablets em Londres — nas lojas, nos cafés, nas salas de aula ou quem sabe até alguns aparelhos esquecidos ou perdidos pelos parques ou estações de metrô. Bem mais complicado, porém, é encontrar tablets em Londinum, a antiga capital romana do que hoje é a Grã-Bretanha. Leia mais…

Ruínas de queijo

 Swiss-Cheese.jpg

A arqueologia egípcia nos revelou indícios da fabricação de cerveja. Entre as antiguidades greco-romanas existem evidências da produção de vinho. O que seria encontrado em ruínas no alto dos Alpes suíços? Exatamente, queijo. Ou melhor, resquícios da fabricação de queijo. (mais…)

O mistério dos cubos verdes

Heisenberg cube

Alemanha. Início da década de 1940. Enquanto as forças armadas do III Reich avassalavam boa parte da Europa, uma discreta tropa de cientistas alemães lutava para submeter o urânio à fissão nuclear. Sabemos que os nazistas não tiveram sucesso na criação de sua bomba atômica, mas desde o fim da II Guerra, historiadores e físicos nucleares tem se perguntado: até que ponto eles chegaram? Conseguiram criar e manter um reator nuclear estável? Quando e onde foram feitas suas pesquisas? De onde extraíram seu urânio? Sete décadas depois, uma investigação forense de amostras históricas de urânio encontradas na Alemanha parece ter as respostas. (mais…)