Ao ser agitada, uma solução de glucose, hidróxido de sódio e carmim de índigo passa de amarelo para vermelho e chega até a ficar verde. Ao ser deixada em repouso, as mudanças de cor se revertem e o processo pode ser repetido. Veja:

[youtube_sc url=”http://www.youtube.com/watch?v=rkxcN3EdrQM”]

O truque aqui está no carmim de índigo (ou melhor, um sal sódico do ácido 5,5′-indigodisulfônico), que é um corante e indicador de pH. Essa substância fica verde ao ser oxidada, amarela quando reduzida e vermelha no estado intermediário de semiquinona.


0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *