Parangaricutirimícuaro (Pa.ran.ga.ri.cu.ti.ri.mí.cua.ro)
1. n. próprio (espanhol mexicano)
: denominação popular da vila de Nuevo San Juan Parangaricutiro, localizada no município de Nuevo Parangaricutiro, estado de Michoacán, no México. A antiga vila foi soterrada por uma erupção vulcânica em 1943 na qual apenas o topo da igreja velha de San Juan escapou da lava. 2. Folcl. termo do folclore mexicano usado em um trava-línguas que equivale ao do nosso mafagafo: “El pueblo de Parangaricutirimícuaro se va a desparangaricutirimicuarizar. Quien logre desparangaricutirimicuarizarlo gran desparangaricutirimicuarizador será.” 3. Adj. Pej. Nome dado aos turistas que visitavam a cidade de Parangaricutiro durante a erupção vulcânica. 4. Pop./TV. palavra mágica da varinha de condão da Bruxa Baratuxa, do seriado mexicano ‘Chapolin Colorado’.

Há também uma versão hardcore:

“El Otorrinolaringólogo de Parangaricutirimícuaro se quiere desotorrinolangaparangaricutirimicuarizar, el desotorrinolaringaparangaricutimicuador que logre desotorrinolangaparangaricutirimucuarizarlo, buen desotorrinolaringaparangaricutimicuador será.”

O culpado por essa entrada-monstro na série Em uma palavra foi o colega magratheano Alan Mussoi, que me deu a sugestão via Facebook.


0 comentário

JuliaSama · 31 de julho de 2012 às 22:12

Não acredito que existe essa palavra!!!!!! hahaha

Chapolim é cultura afinal XD

Tem Ciência nisso… nº2 | Nightfall in Magrathea · 1 de agosto de 2012 às 10:21

[…] um novo tiro é ouvido. Se a largada for boa, antes que você consiga terminar de pronunciar parangaricutirimicuaro teremos a definição do humano mais rápido do […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *