http://scienceblogs.com.br/hypercubic/files/2013/01/Late_Night_Study____by_Pagina7Lipsa.jpg

[Imagem: pagina7lipsa.deviantart.com]

Dois estudantes universitários, A e B, dividem um apartamento de dois quartos. Eles — que não são de Exatas — são muito aplicados e costumam varar a noite estudando. Para economizar, os dois decidiram ligar as lâmpadas de seus quartos em série. Pelo acordo, cada um poderia instalar uma lâmpada de 100 W em seu quarto e os dois pagariam partes iguais da conta de luz. Entretanto, ambos tentaram conseguir mais luz às custas um do outro. O universitário A instalou uma lâmpada de 200 W e o estudante B, uma de 50 W.

Quem se deu mal nas provas finais por falta de luz?

É possível encontrar a solução sem considerar o valor quantitativo da voltagem. A resposta sai na próxima sexta-feira.

Categorias: enigmas

0 comentário

Mauricio · 8 de janeiro de 2013 às 13:51

Estou muito curioso para saber a resposta. Queria saber muito sobre o que a luz pode fazer nos momentos de estudo.

    Renato Pincelli · 8 de janeiro de 2013 às 14:25

    É simples: eles estudam à noite. Como não dá pra ler no escuro, eles PRECISAM de luz para estudar. Só que, dadas as condições do problema, pode faltar luz e, consequentemente, um dos dois não conseguirá estudar.

Rafael · 8 de janeiro de 2013 às 20:14

E por qual motivo a luz acabaria? Eles vão brigar por causa disso e parar de pagar a conta? Hahahahahahahaha

    Renato Pincelli · 8 de janeiro de 2013 às 20:17

    É claro que não. Atenham-se aos dados do enunciado.

Maximus Gambiarra · 9 de janeiro de 2013 às 10:55

Eu acho que a humildade vence a ganância.

    rafinha.bianchin · 11 de janeiro de 2013 às 13:06

    Essa é a questão: o que representa humildade e o que representa a ganância?

Felipe · 9 de janeiro de 2013 às 18:38

Ligaram as lampadas em série? E o interruptor?

Aquele que controla o interruptor se deu bem pois determina o horário de ligar e desligar a luz.

rafinha.bianchin · 11 de janeiro de 2013 às 7:21

Como ninguém respondeu até agora, eu sei que o Renato vai ampliar o prazo, NÃO VAI, RENATO!?

    Renato Pincelli · 11 de janeiro de 2013 às 17:16

    Bem, originalmente eu não estava pensando nisso. Só mudo o prazo se surgirem mais pedidos.

rafinha.bianchin · 11 de janeiro de 2013 às 7:33

Ok, desculpa pelo comentário duplo, mas insights não costumam vir a toda hora.
Presumo que as lâmpadas tenham sido dispostas em série com a de 200W primeiro e depois a de 50W. Não sei se isso faz muita diferença, mas vou deixar isso fixado.
Acredito que, após uma considerável queda de potencial após a corrente passar pela primeira lâmpada (resistência proporcional a 1/200), a segunda lâmpada (resistência proporcional a 1/50) terá menos “luminiscência”.
Por outro lado, como a segunda lâmpada tem resistência menor, por ela passará mais corrente.
Mas, já que estão ligadas em série (que dois idiotas!), as duas hipóteses são teoricamente possíveis, sem falar em valores.
Logicamente, porém, prefiro a primeira.

Nilton · 11 de janeiro de 2013 às 17:36

O estudante B, pois por sua lâmpada possuir menor potência, a do outro consume mais energia do circuito em série a ponto de enfraquecer a luminescência de B.

almir · 9 de fevereiro de 2013 às 2:03

se falta de luz significa ter luz insuficiente pra ler, então o B se deu mal simplesmente pq com uma lampada com menos potência ele terá menos luz. se falta de luz significa apagão, ou cortarem a luz, os 2 ficaram sem luz então os 2 se deram mal. não existe outro significado para falta de luz. tente sempre fazer um enunciado claro.

Jonas Junior · 6 de abril de 2013 às 22:42

é muito simples , se o universitário A colocou 200 W é porque o apartamento aguenta esse tipo de carga , já o universitário B como sua lampada era de 50 W significa que a lampada só aguenta esse tipo de carga , como a eletricidade do apartamento é alta pra suportar 200 W a lampada do estudante B tendeu a queimar . Mais a questão é qual se deu mal? , nem um dos dois pois se a lampada de um queimou com certeza ele foi estudar junto ao seu amigo para n perder a prova . Todos se deram bem ^^.

Raimundo · 23 de março de 2014 às 14:29

Srs. como as lampadas estao ligadas em serie, passara a mesma corente pelas duas.
Como pela lei de ohms V=RxI R =V / I
e W=VxI entao W=R x I^2
200 + 50 = 250W
suponhamos alimentar com 250V entao a corrente sera de 1A
250W=250VxA==
A =200W/250V = 0,80A == R=V/A==250V / 0,8A= 312 ohms
B = 50W/250V= 0,2A==R=V/A==250V/0,2A=1250ohms
1250+312=1562 == 250 /1562= 0,16A
A W=RxA^2==312 x 0,16^2 == 312 x 0,0256 = 7,98W
B W=RxA^2==1250 x 0,16^2==1250 x 0,0256 = 32W

200W == 7,98W
50W == 32W

Raimundo · 23 de março de 2014 às 14:33

O estudante que instalou lampada de 200W ficou no escuro, pois a mesma ficou equivalente a uma lampada de 8W

Enquanto o que instalou a de 50W ficou equivalente a 32W…

Estudo Noturno | hypercubic · 11 de janeiro de 2013 às 22:01

[…] problema das lâmpadas dos dois estudantes deve ter confundido bastante nossos leitores. Dos 11 comentários, poucos se aventuraram a tentar […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *