http://commons.wikimedia.org/wiki/File:Archip_Iwanowitsch_Kuindshi_009.jpg

Pra variar um pouco, o desafio de hoje é um exercício de lógica proposto por Lewis Carroll. Eis as premissas:

1. Eu desprezo qualquer coisa que não possa ser usada como ponte.
2. Nada sobre o que valha a pena escrever uma ode seria um presente desagradável pra mim.
3. Um arco-íris não suportará o peso de um carrinho de mão.
4. O que quer que possa ser usado como uma ponte suportará o peso de um carrinho de mão.
5. Eu não aceitaria, como presente, uma coisa que eu desprezo.

Sendo assim, qual conclusão pode-se tirar dessas premissas?

Só posso dizer que, mesmo com acesso à resposta, ainda não a bisbilhotei vi e estou tão perdido quanto vocês. Portanto, não tenho como dar o nível do problema nem uma dica sem estragar o enigma.

Dessa vez, o prazo para respostas é até a próxima sexta, 22 de março.


0 comentário

Tiago · 18 de março de 2013 às 22:39

As únicas conclusões que consegui chegar foram:
Ele pensa que não vale a pena escrever um ode sobre arco-íris.
Ele não gostaria de ganhar um arco-íris.
Ele despreza arco-íris.

rafinha.bianchin · 18 de março de 2013 às 22:41

Usando uma estrutura lógica:
ponte suporta carrinho
arco iris não suporta carrinho
arco iris não é ponte

ele despreza arco iris
ele não aceita arco iris como presente

presente desagradavel: o que não vale a pena escrever
não vale a pena escrever sobre arco irís

Que tal?

Roberto Takata · 19 de março de 2013 às 1:05

1. ∀ x ∉ Ponte: x ∈ Desprezo;
2. ∄ x ∈ Ode: x ∈ Presente desagradável;
3. arco-íris ∉ Suporta carrinho de mão;
4. ∀ x ∈ Ponte: x ∈ Suporta carrinho de mão;
5. ∀ x ∈ Presente desagradável: x ∉ Desprezo

4′. ∀ x ∉ Suporta carrinho de mão: x ∉ Ponte

3 x 4:
3′ arco-íris ∉ Ponte

3′ x 1:
3″ arco-íris ∈ Desprezo

5′ ∀ x ∈ Desprezo: x ∉ Presente desagradável

3″x5′:
3′” arco-íris ∈ Presente desagradável

2′. ∀ x ∈ Presente desagradável: x ∉ Ode

3′”x2′
3″” arco-íris ∉ Ode

Não vale a pena escrever uma ode sobre o arco-íris.

O que, obviamente, é uma bobagem.

[]s,

Roberto Takata

pedro · 19 de março de 2013 às 3:14

O arco íris não suporta o peso de um carrinho (P3) que não há ponte que o aguente (P4) que por sua vez é desprezado (P1) e o que se despreza, não se aceita como presente (P5).
Conclusão: Não aceita o arco-iris como presente 😛

Igor Santos · 19 de março de 2013 às 10:52

Que um arco-íris não vale nada. Nem como ponte, nem como presente, nem como objeto de uma ode.

    rafinha.bianchin · 19 de março de 2013 às 15:51

    Esperava que tu citasse
    “nem como símbolo de uma aliança entre um divindade e sua suposta criação”,
    para manter o hábito.

Igor Santos · 20 de março de 2013 às 12:05

Isso foi comIgor?

Vitor · 21 de março de 2013 às 14:12

Fiquei muito confuso com isso.

Eu posso afirmar que ele despreza um arco-íris e não o aceita como presente, mas fiquei confuso com a parte da ode.
Se algo é um presente desagradavel, ele aceitou e achou desagradável ou não aceitou por ser desagradável?

Pois desprezar e achar desagradável são coisas diferentes.

Roberto Takata · 22 de março de 2013 às 15:50

@Vitor,

Veja a frase 5: “Eu não aceitaria como presente uma coisa que eu desprezo”.

A frase 2, no original é: “Everything, that is worth writing an ode to, would be a welcome gift to me”

[]s,

Roberto Takata

Ponte, ode, arco-íris, carrinho de mão e presente | hypercubic · 22 de março de 2013 às 21:00

[…] conseguiu encontrar as relações entre uma ponte, uma ode, um arco-íris, um carrinho de mão e um presente propostas por Lewis Carroll? Foram nove comentários (mais três via […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *