Em uma palavra [192]

plaquê (pla.quê) s.m. 1. lâmina de metal mais ou menos delgada e geralmente de aparência dourada, com a qual se revestem certos objetos ou ornamentos de metal ordinário; metal ordinário usado na fabricação de objetos de adorno, imitando objetos de ouro; ouropel, ouro falso, bijuteria. 2. gír. no Brasil, o Leia mais…

Ciência com o próprio fígado

Não faltam experimentos de um único voluntário na História da Ciência. Nem experimentos em que a linha entre pesquisador e pesquisado é bem tênue. Também não são poucos os créditos mal-atribuídos pela participação em uma pesquisa. Um caso com todas essas características aconteceu em 1954, na Universidade de Londres. Ao Leia mais…

Patentes Patéticas (nº. 142)

image

Ah, uma massagem… O ideal seria ter um par de mãos apertando delicadamente o seu cangote durante aquela interminável viagem de carro, caminhão ou ônibus. Uns beijinhos na nuca também não seriam má ideia e… Bom, nem todo motorista ou passageiro pode contar com esse luxo, mas uma solução mecânica já foi patenteada há duas décadas. O Vibrating Neck Rest for the Passenger Seat of a Motor Vehicle [Apoio Vibratório de Pescoço para o Assento do Passageiro de um Veículo Automotor] pode ter um nome horrível, mas parece ser algo relaxante: (mais…)

Muito agradecido

Em 1935, e.e. cummings não era levado a sério pelos editores enquanto tentava publicar seus 70 Poems. Assim, o poeta das letras minúsculas teve que pedir um empréstimo de 300 dólares à própria mãe para conseguir publicar sua coletânea de poemas. Porém, no último momento, cummings encontrou a vingança perfeita Leia mais…

Em uma palavra [191]

inzoneiro (in.zo.nei.ro) adj. gír. 1. que inzona, engana, logra. 2. ardiloso, astuto, malandro. inzona ou inzonice, s.f. ato de lograr ou enganar alguém; logro, embuste, armação, malandragem. inzonar, v.t.d. e v.int. intrigar, mexericar, fuxicar, lograr; praticar inzona.