[Contos Traduzidos] A Máquina Pára

Frustração. Raiva. Revolta. Apatia. Tédio. Desespero. Os sentimentos são diferentes, mas podem acontecer quando você fica sem conexão com a internet durante algumas horas ou dias. Normalmente, o problema não dura mais que isso e não atinge o mundo inteiro ao mesmo tempo, mas e se a Internet — com letra maiúscula — inteira deixasse […]

O que andei vendo no Netflix em janeiro

A vida do último homem a pisar na Lua ao lado dos capitães que nos levaram onde nenhum homem jamais esteve; os conflitos africanos que ameaçam os gorilas-das-montanhas e criam maratonistas; os mestres da levitação que usam guinchos ou truques mágicos. Os paralelismos deste mês são inevitáveis. The Last Man on the Moon (96 min., […]

Memória Fotográfica: Horace W. Nicholls

Fotógrafo britânico e pioneiro do fotojornalismo freelance, Horace Walter Nicholls (1867-1941) teve uma carreira que foi das colunas sociais às coberturas de duas guerras. Nascido em Cambridge em 1867, era filho de Arthur Nicholls, fotógrafo profissional, que o treinou. Já adulto, estabeleceu-se em Joanesburgo e cobriu a Guerra dos Bôeres [1899-1902] para o jornal londrino South Africa. […]

O que andei vendo no Netflix em setembro

Neste fim de inverno quente e seco, retomei as aulas do mestrado (e enfrentei problemas logísticos para chegar lá) e mudei meu projeto de pesquisa. Por isso, não vi muitos documentários, mas acompanhei histórias pouco conhecidas sobre o fim do apartheid, os video games, um pescador indonésio octogenário, um fotógrafo dos famosos e de materiais […]

Nem tanto ao mar de manifestantes, nem tanto à terra dos políticos

Parafraseando Richard Feynman, “se você acha que entende as recentes manifestações populares, você não entende essas manifestações populares”. Muita gente tem se perguntado sobre o que está acontecendo no Brasil. Porque agora? Aonde isso tudo vai acabar? Como sempre, os protestos que começaram por R$0,20 a mais nas passagens de ônibus e metrô têm virtudes […]

>Ninguém deu ouvidos ao Bismarck

> Pior é que ele acertou duas vezes: uma na Primeira Guerra Mundial (1914-18); outra na Guerra da Iugoslávia (1991-99). Não duvidem se ele acertar de novo…

>Em respeito ao Islã

> Paquistão bloqueia acesso ao Facebook por caricaturas de Maomé Decreto foi motivado por competição “profana” para desenhar o profeta muçulmano, marcada para esta quinta (20) “O tribunal decretou que o governo bloqueasse o Facebook imediatamente, até 31 de maio, devido a esta competição profana”, disse Azhar Aiddique, um representante do Fórum de Advogados Islâmicos, […]

>6.000 anos em sequência

> Contar seis mil anos de história conhecida com detalhes e, ao mesmo tempo, com brevidade parece uma loucura. Contar a História de uma forma que ainda por cima seja prontamente reconhecível e tenha linguagem universal pode parecer mais difícil ainda. A não ser, é claro, que se use um desenho aliado a uma linha […]

Skip to content