O que é a dengue?

Mosquito transmissor da dengue. "Foto por @jcomp no Freepik, arte por Clorofreela"

Nos acostumamos a ouvir falar sobre a dengue, fosse um vizinho, amigo ou parente doente, ou lendo e assistindo nos jornais. Mas o que é essa doença?

Anosmia e ageusia

Quem teve COVID-19, provavelmente apresentou perda do olfato ou a perda do paladar. Caso não tenham sentido esses sintomas, possivelmente conhece alguém que tenha apresentado tais sintomas.  Mas, afinal, o que é a perda de olfato e de paladar? Como ela se desenvolve? E como fazemos para nos curar?

Os estereótipos do gênero na ciência

Alguma vez durante as aulas de ciência você aprendeu sobre as descobertas feitas por cientistas mulheres? Sua resposta muito provavelmente foi não, pois durante anos as mulheres foram, e continuam sendo, ofuscadas na ciência, tendo seus feitos, muitas vezes, não recebendo os créditos necessários independente de suas contribuições.

É tudo culpa da evolução

Provavelmente em algum momento da sua vida você já reparou que, em certas populações de indivíduos de uma mesma espécie, há uma grande variabilidade e que em outras, os indivíduos são bem parecidos. Mas porque isso acontece? E se eu te falar que tudo isso é culpa da EVOLUÇÃO? Para você entender melhor será preciso te inserir no mundo da genética de populações, que é a área que tenta entender as mudanças genéticas causadas por forças evolutivas que ocorreram ou que estão ocorrendo em populações de uma mesma espécie. Complicou? Então vamos descomplicar!

Genética da doença de alzheimer

Genes são portadores de informações genéticas que controlam a função de cada célula do nosso corpo. Eles determinam todas as nossas características, como a cor dos olhos, cabelos e da pele. Há ainda outros genes que podem nos deixar mais propensos a desenvolver certas doenças. Os pesquisadores identificaram, por exemplo, uma série de genes associados à Doença de Alzheimer (DA). Simplificadamente, existem algumas mutações genéticas raras na proteína precursora do amiloide (APP), presenilina-1 (PSEN1) e presenilina-2 (PSEN2) que causam a DA de início precoce (< 65 anos)