Vaca Mimosa ganha IgNobel

cow1.jpgEste é o RNAm, seu radar do IgNobel

Afinal nós já havíamos comentado antes sobre o trabalho que ganhou o IgNobel este ano, que constatou que vacas que recebem um nome dão mais leite. Para ler o post original, clique aqui.

L√° voc√™ vai encontrar divaga√ß√Ķes sobre porque exatamente dar um nome ao bicho faz ele produzir mais leite, e coment√°rios abalizados como este: “Sendo assim um fazendeiro que tenha 5.000 cabe√ßas de gado vai gastar uma graninha fazendo crach√°s pra fazer as vacas se sentirem melhor.”

Se bem que, na √°rea de “bovinologia” eu acho que o trabalho das vacas magn√©ticas merecia mais o premio IgNobel. Ele √© fant√°stico!

Com, isso iniciamos uma s√©rie de posts sobre o IgNobel deste ano. Nada muito rebuscado, s√≥ vamos tentar extrair o m√°ximo de piadas e tamb√©m algo de √ļtil deste lado bravatesco da ci√™ncia.

Algo de √ļtil sim. Porque o objetivo desse pr√™mio n√£o √© denegrir e mandar as pesquisas para o brejo, mas sim provocar pesquisadores e publico. E funciona!

Bom, o post da vaca estava pronto. Bom pra mim, porque sobra espaço pra mandar um salve pro pessoal da fazenda Santa Xurupita:

Mand√° um salve p√° Mimosa da Xurupita

Mand√° um salve p√° Estrela da Xurupita

Mand√° um salve p√°, …p√°, …p√°…

Mand√° um salve p√° Morena da Xurupita

Mand√° um salve pu Zebu da Xurupita

Aliás, falando em Zebu, será que boi com nome também dá mais leite?

Bom… talvez seja melhor deixar essa d√ļvida pra l√°, seria um experimento muito bizarro mesmo para um IgNobel.

Para receber nosso conte√ļdo em primeira m√£o, siga-nos no twitter @Rafael_RNAm e @Gabriel_RNAm e clique aqui para assinar nosso Feed/RSS!