Vaca Mimosa ganha IgNobel

cow1.jpgEste é o RNAm, seu radar do IgNobel

Afinal nós já havíamos comentado antes sobre o trabalho que ganhou o IgNobel este ano, que constatou que vacas que recebem um nome dão mais leite. Para ler o post original, clique aqui.

L√° voc√™ vai encontrar divaga√ß√Ķes sobre porque exatamente dar um nome ao bicho faz ele produzir mais leite, e coment√°rios abalizados como este: “Sendo assim um fazendeiro que tenha 5.000 cabe√ßas de gado vai gastar uma graninha fazendo crach√°s pra fazer as vacas se sentirem melhor.”

Se bem que, na √°rea de “bovinologia” eu acho que o trabalho das vacas magn√©ticas merecia mais o premio IgNobel. Ele √© fant√°stico!

Com, isso iniciamos uma s√©rie de posts sobre o IgNobel deste ano. Nada muito rebuscado, s√≥ vamos tentar extrair o m√°ximo de piadas e tamb√©m algo de √ļtil deste lado bravatesco da ci√™ncia.

Algo de √ļtil sim. Porque o objetivo desse pr√™mio n√£o √© denegrir e mandar as pesquisas para o brejo, mas sim provocar pesquisadores e publico. E funciona!

Bom, o post da vaca estava pronto. Bom pra mim, porque sobra espaço pra mandar um salve pro pessoal da fazenda Santa Xurupita:

Mand√° um salve p√° Mimosa da Xurupita

Mand√° um salve p√° Estrela da Xurupita

Mand√° um salve p√°, …p√°, …p√°…

Mand√° um salve p√° Morena da Xurupita

Mand√° um salve pu Zebu da Xurupita

Aliás, falando em Zebu, será que boi com nome também dá mais leite?

Bom… talvez seja melhor deixar essa d√ļvida pra l√°, seria um experimento muito bizarro mesmo para um IgNobel.

Para receber nosso conte√ļdo em primeira m√£o, siga-nos no twitter @Rafael_RNAm e @Gabriel_RNAm e clique aqui para assinar nosso Feed/RSS!

Vacas Magnéticas

cow.jpg
Se um dia voc√™ se perder por esse interior do meu Brasil, e n√£o estiver com sua b√ļssola (sei que as pessoas nunca saem de casa sem b√ļssola, mas vamos tentar imaginar esta situa√ß√£o ins√≥lita), tire vantagem do nosso pa√≠s ser o maior produtor de carne bovina do mundo e use o rebanho para se orientar!

Desde o ano passado já se sabe que rebanhos bovinos e de cervos pastam e descansam numa orientação Norte-Sul, dá pra acreditar?!
Ninguém sabe ainda como os animais fazem isso. Mas eu me perguntei como os pesquisadores descobriram esta tendência. Daí descobri mais esta nobre utilidade para os satélites. Afinal foi usando as imagens deles que pesquisadores perceberam esta orientação nos rebanhos.

V√°rios animais usam o campo magn√©tico da Terra para orienta√ß√£o, como aves, crust√°ceos, insetos, r√©pteis e mam√≠feros. Destes √ļltimos, somente roedores e morcegos tem esta sensibilidade comprovada.

vacas.JPG

Figura mostrando a distribuição do gado e cervos em relação ao pólo magnético. Em B está a distribuição perto das linhas de transmissão, bem mais aleatória.

Agora a orienta√ß√£o de grandes mam√≠feros teve mais uma prova, pois os animais que estavam pr√≥ximos a linhas de transmiss√£o de alta energia perdem a orienta√ß√£o norte-sul. Estas linhas de transmiss√£o emitem um campo eletromagn√©tico de baixa freq√ľ√™ncia, que provavelmente perturba a orienta√ß√£o com os p√≥los terrestres.

A pergunta de 1 milhão de dólares é: pra que eles precisam disto?
E a pergunta de 500mil é: humanos tem alguma sensibilidade que não percebem?

Link para o trabalho: Extremely low-frequency electromagnetic fields
disrupt magnetic alignment of ruminants