Ela tem 16 anos e ele… 35. Wait… What??

old_youngO que você faria na seguinte situação? Sua filha, 19 anos de idade, chega pra você e diz que está namorando. Ela diz que está super feliz e que tem até planos de um relacionamento mais sério e duradouro. Você, obviamente, fica feliz pela sua filha, mas logo pergunta quem é o cara. Ela então diz que ele é um professor da faculdade onde ela estuda. O namorado tem 32 anos de idade.

Esse tipo de situação é mais comum do que a gente imagina. Relacionamentos em que há uma grande diferença de idade entre os parceiros é comum até mesmo entre pessoas famosas (e.g. Woody Allen, Michael Douglas). A internet está cheia de “dicas” de como se comportar em um relacionamento onde o cara é mais velho que você, ou como abordar uma garota mais nova.

Mas por que isso é tão comum? Será mesmo verdade que mulheres preferem homens mais velhos, e que homens preferem menininhas mais novas? Se sim, por que? Obviamente o mundo está cheio de achismos sobre isso. Fala-se que mulheres preferem homens mais velhos porque eles são mais maduros, mais carinhos e mais cuidadosos. Em contra-partida, homens preferem mulheres mais novas porque elas são mais ingênuas e fáceis de controlar. Para a Psicologia, existem outros tipos de explicações. Para a Psicologia Evolucionista, por exemplo, homens têm uma tendência a gostar de mulheres mais novas pois elas oferecem uma vantagem em termos reprodutivos: mulheres mais novas aumentam a probabilidade de que seus genes passarão à gerações futuras. Já a mulher sofre uma pressão evolutiva diferente. Como elas têm uma vida reprodutiva mais curta, ter vários parceiros reduz a probabilidade de uma reprodução bem sucedida. Além disso, durante a gravidez e durante a criação da criança, a mulher precisa de recursos que, geralmente, são fornecidos por um parceiro comprometido e bem sucedido. Em termos evolucionistas, um homem mais velho tem uma probabilidade maior de ser bem-sucedido e de ser capaz de fornecer tais recursos.

Não é a toa que pesquisas mostram que homens de 20 e poucos anos de idade preferem namorar mulheres de entre 15 e 25 anos. Quando estão nos seus 40 anos, eles preferem mulheres entre 25 e 39, e quando passam dos 60, preferem mulheres entre 45 e 50 anos. Já as mulheres de 20 e poucos anos preferem homens entre 20 e 32 anos. Com 40 anos, mulheres preferem homens entre 35 e 55, e preferem homens de 60 a 70 anos quando estão nos seus 60 anos.

Mas mesmo fazendo sentindo em termos evolucionistas, as pessoas parecem ainda não aceitar muito bem relacionamentos onde há uma diferença grande de idade. Sempre que uma menininha de 16 anos diz algo do tipo: “estou namorando com um carinha de 27 anos“, a nossa primeira reação é de estranhamento. E as opiniões são geralmente bem parecidas: “o relacionamento não vai durar“, “ele só quer te comer“, “você não tem maturidade“, etc.

Um estudo publicado em 2001 por dois pesquisadores da Universidade de Manchester, na Inglaterra, mostrou exatamente isso: apesar de fazer um certo sentido em termos evolucionistas, as pessoas ainda não aceitam relacionamentos em que há uma diferença grande de idade. Nesse estudo, eles pediram aos participantes que lessem algumas histórias de casais com uma certa diferença de idade. A diferença variou de 5 a 50 anos de diferença. As histórias também variaram em termos de quem era mais velho no relacionamento: o homem ou a mulher.

O resultado mostrou que, em geral, o nível de aceitabilidade de relacionamentos dessa natureza é muito baixo. E essa aceitabilidade cai significativamente de acordo que a diferença de idade aumenta. O estudo também mostrou que as pessoas tendem a pensar que esses casais não são felizes. O principal motivo para a falta de felicidade é que eles não teriam muita coisa em comum. Para os participantes, quanto maior a diferença de idade, menos coisas em comum o casal tem e, consequentemente, menos felizes eles serão. O estudo também mostrou (o que para alguns pode parecer contra-intuitivo) que as pessoas aceitam muito mais um casal com uma diferença grande de idade onde o homem é mais velho do que um casal em que a mulher é mais velha. Em outras palavras, se o João tem 35 e a Maria tem 18, esse casal tem uma aceitabilidade social maior do que se a Maria tivesse 35 e o João 18. Segundo os pesquisadores, esse fenômeno está relacionado com o que chamamos de incest-avoidance mechanism: uma espécie de predisposição que temos para evitar situações de incesto. Um relacionamento onde a mulher é mais velha é psicologicamente mais próxima da noção de incesto do que o contrário. Bom, pelo menos essa é a explicação deles!

Apesar de essas percepções negativas terem um efeito social ruim em relacionamentos dessa natureza (i.e., muita gente dando palpite errado na sua vida), é importante notar que o bem estar de um casal depende muito mais de como eles lidam com conflitos e o nível de respeito entre eles do que qualquer outra coisa. É óbvio que saber das limitações, vantagens e desvantagens de se relacionar com uma pessoa mais velha ou mais nova que você é importante, mas não é uma boa ideia deixar o relacionamento se guiar apenas pela opinião geral que as pessoas têm sobre o assunto.

E… se não estiver muito ocupado querendo conquistar a gostosa do 103, ou se não estiver aí lendo sobre como conquistar o tiozão do 412, siga o Cognando no Twitter, Facebook e no Google+

Referência:
Banks, Collete, & Arnold, Paul (2001). Opinions Towards Sexual Partners with a Large Age Difference Marriage & Family Review, 33 (4), 5-18 DOI: 10.1300/J002v33n04_02

Esta entrada foi publicada em Psicologia Cognitiva. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

9 respostas para Ela tem 16 anos e ele… 35. Wait… What??

  1. Pelo jeito os dados sobre a estabilidade matrimonial de acordo com a diferença de idade entre os cônjuges são contraditórios:
    http://www.sciencedirect.com/science/article/pii/089040659390026G
    ———-

    []s,

    Roberto Takata

    • Médio, né? O que não é contraditório é a dissonância entre a percepção de felicidade do casamento e a felicidade efetiva do casamento. Essa dissonância se reflete em várias outras áreas da cognição e não é diferente aqui. Os parâmetros que utilizamos para dizer um o casamento do João que tem 40 e da Maria que tem 17 anos funciona são diferentes dos parâmetros que a Maria e o João utilizam para avaliar o próprio casamento (e são ainda distintos dos índices que agências como o Censo mensuram felicidade — ou até mesmo como utilizam essa informação para mensurar felicidade). A percepção continua sendo de que esses casais não são felizes. Os motivos são variados (um deles, explorado no paper que eu apresentei, pressões de natureza evolutiva). Se eles são realmente felizes ou não é outra história! Also, dê uma olhada na metodologia e na análise desse paper que você citou.

  2. Milena disse:

    Acho que essa preferencia por idades se da
    puramente pq a mulher amadurece mais rápido e o homem com a sua deficiência intelectual procura a mulher mais nova para tal equilibrio.
    E a mulher procura o cara mais velho pela segurança financeira e ponto.

  3. bruna disse:

    Olá André, a uns anos atrás conversamos por e-mail e vc me ajudou muito em um problema com minha mãe.. estou precisando conversar um pouco com vc, caso se interesse me responsa via e-mail. Obrigado.

  4. Pingback: Ela tem 16 anos e ele… 35. Wait… What?? | Biologia na Web

  5. Andre Victor disse:

    Apesar de ser um fato comum hoje em dia tem muita mulher madura se relacionando com homens mais novos, mas, reforçando a tese: o bem estar de um casal depende muito mais da forma que eles lidam com conflitos e se respeitam mutuamente do que a idade.

    Abraços!

  6. Charlie Silva disse:

    Ainda assim, acho que teria dificuldades para lidar com essa situação

  7. Roberto disse:

    Acredito que quando se tem amor a idade é o que menos importa, conheço casais que tem muita diferença de idade e são completamente felizes. Ótimo artigo!!! Parabéns

  8. Adriana Abreu disse:

    Não é que as mulheres gostam de homens mais velhos ou homens mais novos. A real mesmo é que as mulheres gostam de homens gentis e cavalheiros, independente da idade. Se o homem for gentil, respeitoso, tenha seu charme e for verdadeiro, ele pode ter 30 anos a mais que a mulher que ela não se importará.
    A idade não importa, o que importa é que os dois se deem bem e sejam felizes!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.