Tag Archives: trabalho escravo

Sua roupa é sustentável?

2797166460_36ee261668

Imagem: http://www.flickr.com/photos/reiswarez/2797166460/sizes/m/in/photostream/

E um dos meus útimos posts perguntava se seu jeans era sustentável… E depois da última polêmica da semana eu resolvi perguntar de novo, seu jeans é sustentável? Se no meu post a preocupação era apenas o uso da areação para diferenciar seu jeans, agora é a qualidade da mão-de-obra utilizada para a convecção do seu jeans… E ai? Quais garantias temos de que as pessoas que costuraram nossas roupas industrializadas tiveram um mínimo de respeito? De verdade, na minha opinião, NENHUMA. Provavelmente 90% das roupas que eu uso são industrializadas e tenho plena certeza que nenhuma delas teve algum respeito por seus trabalhadores… E olha que eu ainda tenho a privilégio de dizer que 90% das minhas roupas são industrializadas (vamos descartar aqui a industrialização do tecido) porque tenho uma prima que costura e faz estamparia em tecido e tenho algumas blusas de lã tricotadas a mão, mas a maioria das pessoas (meu pai, meu irmão por exemplo) que tem 100% das suas roupas totalmente industrializadas e que com certeza passaram por exploração de pessoas.

Ouça o depoimento a seguir de uma costureira dessas grandes redes de roupas no Nordeste do país.

 

Como se vestir de forma mais sustentável? Comprar menos roupas? Comprar roupas de marcas menores e menos famosas? Resgatar a costureira de bairro? Não se vestir?

Eu não tenho a melhor resposta, não sei se existe uma melhor resposta para essa questão, diminuir o consumo provavelmente seja uma das alternativas, mas como convencer o mundo disso? Por que afinal, eu já normalmente compro pouquíssimas roupas, mas e quem simplesmente não se preocupada com nada disso? (temo eu que seja a maioria das pessoas) Como faz?

Esse negócio de ter mais perguntas que respostas tá me enchendo o saco…

Transparência

A Apple admitiu que usou mão-de-obra infantil (aqui notícia original em inglês). No twitter o Instituto Ethos  pergunta a opinião das pessoas sobre o assunto. A resposta que eu dei foi “eu fico feliz de não ter nenhum produto da apple!”. Mas isso não quer dizer que os outros produtos eletrônicos que possuo não tenham passado por mãos infantis quando foi fabricado. Triste realidade.

É de admirar a transparência da Apple sobre o assunto, anunciou que isso foi realidade e hoje combate esse tipo de coisa, estou esperando outras empresas como a HP, a Sony, a Motorola ou a LG também se manifestarem a respeito.

Existe um documentário chamado Uma empresa decente que mostra uma empresa que fornece produtos para a Nokia na China passando por uma “auditoria ética”, é possível ver as condições de trabalho, os alojamentos, os refeitórios e perceber como as coisas funcionam na China. Ser correto não é nada fácil num mundo globalizado, principalmente num país como a China onde o crescimento tem que acontecer a qualquer custo.

Eu costumo dizer que a era do custo baixo acabou. Se você quer ter um mínimo de decência na hora de pagar um serviço ou comprar um produto ele não vai custar barato. Pagar um salário decente para funcionários, causar o menor impacto ambiental possível ou pagar por serviços ecológicos, tudo isso custa dinheiro e não sai de graça, alguém sempre vai pagar essa conta em algum momento, seja o empresário, seja o trabalhador da empresa, seja o consumidor, seja a sociedade. Até bem pouco tempo atrás essas variáveis nunca sequer eram mencionadas na hora do cálculo de preço de qualquer coisa. Ser sustentável custa, não adianta se iludir que é barato, fácil e/ou rápido. Você só tem que decidir se quer fazer as coisas certas do jeito certo ou assumir riscos de ser pego utilizando mão de obra escrava ou infantil, poluindo, acabando com comunidades locais, destruindo ecossistemas, etc.

Skip to content