>

Os guardas dos campos de prisioneiros de guerra nazistas já estavam acostumados a procurar por túneis – então eles jamais pensaram em dar uma olhada no sótão do Castelo de Colditz, onde, incrivelmente, prisioneiros britânicos contruíram um aviãozinho de 6 metros com sucata.

Os prisioneiros de guerra planejavam lançá-lo do teto, usando um sistema de catapulta movido pela queda de uma banheira cheia de blocos de concreto. Eles pretendiam lançar dois homens em direção ao Rio Mulde, a 60 metros dali.

O Exército Americano libertou o campo antes da tentativa de fuga aérea e o avião de sucata foi perdido. Mas, mesmo depois de 55 anos, os prisioneiros sobreviventes ainda se perguntavam se o avião voaria. Em 1999, uma empresa de aviação britânica fez uma réplica em escala real do aviãozinho e os prisioneiros sobreviventes foram novamente reunidos. Eles viram o Pássaro de Coldtitz voar, depois de uma espera de mais de 50 anos.


0 comentário

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content