>Problema de base

>

Em 1996, o matemático do Merrimack College, Machael J. Bradley, estava treinando o time de baseball do seu caçula quando reparou em algo estranho no livro de regras:
A base principal (home base) deverá ser marcada por uma laje de borracha branca de cinco lados. Ela deverá ser um quadrado de 12 polegadas com dois cantos preenchidos, de modo que um dos lados tenha 17 polegadas de comprimento, dois tenham 8 1/2 polegadas e dois de 12 polegadas.
Como a bagunça do sistema de medidas imperial (que ironicamente continua a ser usado na maior “democracia” do mundo) não é o bastante, a linguagem do manual ainda é confusa. Felizmente, não era preciso pedir para desenhar, pois havia uma ilustração:
base
Mesmo assim, Bradley notou, a figura é impossível: “A figura implica a existência de um triângulo retângulo isósceles com lados 12, 12 e 17. Mas (12, 12, 17) não é (bem) uma tríade pitagórica: 122 + 122 = 288; 172 = 289.”
Isso talvez explique a aparente falta de lógica do baseball. É um problema de base.
chevron_left
chevron_right

Leave a comment

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Comment
Name
Email
Website

Skip to content