>

Todo paradoxo não deixa de ser uma trollagem lógica. Mas este é simplesmente sensacional por que pode ser feito na prática. O matemático, pianista, lógico e filósofo norte-americano Raymond Smullyan propõe uma cena na qual dois homens debatem uma proposição diante de um quadro-negro. Na lousa está escrita a seguinte frase:

— Você acredita naquela sentença? — pergunta o primeiro homem.
— Claro que não — responde o segundo — Apenas um idiota acreditaria naquela sentença.

Segundo o próprio Smullyan, que também é mágico, o segundo homem “claramente acredita na sentença, embora diga que não acredita. Então ele se encontra na curiosa posição de acreditar em algo e simultaneamente acreditar que ele não acredita.”
Eis aí uma trollagem que deveria ser feita nas aulas de filosofia (ou de religião).

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *