mateologia (ma.te.o.lo.gia)
s.f. estudo inútil de assuntos acima do alcance do entendimento humano. mateólogo, s.m. especialista em inutilidades; ‘mestre’ em papo-furado. [do gr. mataiología, linguagem inútil, lenga-lenga; mataiós = fútil, frívolo, vão]

Uma interpretação mais livre seria “vã filosofia”, como não disse Shakespeare¹. Não confundir com “má teologia”. Se bem que a teologia é um estudo bastante mateológico.

________________

¹  no ato I, cena 5 do original de "Hamlet", lê-se "There are more things in heaven and earth, Horatio,/Than are dreamt of in your philosophy.". O adjetivo  é uma intromissão de um tradutor, ainda que consagrada.

0 comentário

rafinha.bianchin · 11 de dezembro de 2012 às 15:35

Física quântica também. Sem dúvida a idéia de outros universos não nos pertence.

Ab equis ad asinos transeunt stulti. · 12 de dezembro de 2012 às 6:00

Sugestão para post: egodistonia ou egossintonia.

Em uma palavra [135] | hypercubic · 18 de dezembro de 2012 às 18:30

[…] indicado por comentário na palavra da semana passada e que só foi publicado agora para não estragar a […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *