O geólogo autômato

Não é fácil trabalhar com a geologia dos rios. Recolher as amostras é simples: bastam algumas pedras ou seixos extraídos dos leito de um rio. Analisá-las, determinando sua idade e composição, é algo bem mais delicado — e lento, muito lento. Se for preciso organizar as pedras segundo esses critérios, Leia mais…

Nanogêmeos — desativar!

Motores de aviação podem ser enfraquecidos por falhas em níveis nanométricos conhecidas como nano twins ou nanogêmeos. Evitar tais falhas poderia levar a motores mais eficientes e um método para isso está decolando. Esquenta, esfria, esquenta, esfria, esquenta, esfria… Ninguém resiste a variações de temperatura, nem mesmo as superligas utilizadas Leia mais…

Já ouviu falar da Iniciativa Níquel?

Utilizado nas tubulações de usinas nucleares, o níquel tem suas fraquezas. Para reforçá-lo, cientistas estão reunindo uma liga de vingadores metálicos. Enquanto a exposição a radiação dá superpoderes no mundo dos quadrinhos, um banho de radioatividade resulta em superfraquezas no mundo real. Nem os metais usados nas usinas nucleares escapam. Leia mais…

A bateria que brilha no escuro

Baterias sólidas são cada vez mais inseguras e ineficazes. Uma solução — literalmente brilhante — pode ser um tipo de bateria líquida. Gasolina, óleo diesel, querosene, álcool… Todos esses líquidos armazenam energia mas essa energia só pode ser usada uma única vez. Com os combustíveis, queimou, acabou. Para armazenar energia Leia mais…

Nanomotores salgados

Parece uma imagem ruim de uma árvore vista de baixo, mas é a emissão de micropropulsor iônico vista ao microscópio. [imagem: Kurt Terhune/Michigan Tech]

A miniaturização tecnológica operou maravilhas na Terra nas últimas décadas — e graças à crescente diminuição de componentes eletrônicos que você pode levar no bolso um smartphone equivalente a uma máquina fotográfica, máquina de escrever, computador, jukebox e telefone. Agora que alcançamos os limites da miniaturização na Terra, o desafio é mandar essa tecnologia para o espaço. (mais…)

Nanociência em Queda Livre

Não é muito difícil imaginar o laboratório de um grupo de cientistas de materiais: num ambiente claro e limpo, temos algumas bancadas ou mesas, óculos de proteção, jalecos e equipamentos como computadores, microscópios, centrífugas e a indispensável máquina de café. É em lugares assim que são estudados e desenvolvidos novos materiais com as mais diversas aplicações. Mas nem todo material pode ser estudado com esses aparatos num ambiente laboratorial tranquilo. Essa é uma das descobertas feitas recentemente por pesquisadores australianos. (mais…)

Como se forma o gelo?

gota de gelo

“Simples, basta colocar um pouco de água dentro do congelador” — você poderia dizer, esperto leitor. Mas o quê, exatamente, acontece lá dentro, não do congelador, mas da própria água? A cristalização começa por dentro ou por fora do H2O? Essa pergunta aparentemente simples vem esquentando a cabeça de físicos e químicos nos últimos 10 anos. Segundo cientistas chineses a resposta é: depende. (mais…)

Músculos a vácuo

vacuummuscle

Contração. Relaxamento. Contração. Relaxamento. Três séries de 20 repetições. Contração. Relaxamento. Poderia ser uma cena de academia, mas exercícios como esse estão sendo realizados num laboratório da Universidade de Harvard, onde cientistas estão desenvolvendo um novo tipo de músculos — atuadores a vácuo. (mais…)