Patentes Patéticas (nº. 140)

image

Barquinho bate-bate.

“Os carros são como as lanchas, as motos são como os jet-skis e os pedestres são como banhistas”. Ao que poderíamos acrescentar que os navios são como os caminhões (quando de carga; quando de passageiros são como os ônibus) e os recifes (ou icebergs) são como os buracos da estrada. Muito antes do viral da Marinha do Brasil — e quase dez anos antes do Titanic —, Charles Dornfeld percebeu que “no mar também ocorrem acientes”. Na tentativa de evitá-los, Dornfeld entrou com um pedido de patente para uma espécie de amortecedor submarino: (mais…)

Em uma palavra [188]

regougar (re.gou.gar) v. int. 1. ato da raposa de emitir som ou vocalizar; imitar a voz da raposa. 2. falar com pouca clareza; ter pronúncia áspera e gutural; resmungar. regougo, s.m. voz da raposa ou sua imitação; resmungo. Eis a resposta praquela música memerosa que já parece velha — What Leia mais…

Patentes Patéticas (nº. 90)

http://www.google.com/patents/US1633978

Bigodes. Vez por outra esse tufo de pêlos que cresce sobre o lábio superior de indivíduos do sexo masculino após a puberdade volta à moda por razões obscuras. Mas quando a moda volta, costuma vir como enxurrada: de uma maneira ou de outra, todo mundo adota esse meme piloso — até quem não tem ou não pode ter bigodes, como moças e crianças (algumas mulheres são uma exceção notável).

Qualquer que seja o motivo para cultivar esse adereço facial, você certamente encontrará pequenos incômodos. Um dos principais problemas é que um bom bigode é como uma planta e necessita de uma poda precisa de vez em quando. Para solucionar esse problema, Pierre Leon Martin Victor Calmels inventou e patenteou um Apparatus for the cut of the mustache [Aparelho para o corte do bigode]: (mais…)

A farsa do coala irado

Você já deve ter visto a imagem acima em outras páginas da internet. Assustadora, não? Tanto que muita gente nem percebeu que poderia ser fake. Há duas razões básicas para a falsidade: 1) coalas são geralmente avessos a água e 2) é anatomicamente impossível que esses marsupiais tenham uma mandíbula Leia mais…

>Desafio Aceito

> Num meio-dia de primavera em Paris, há alguns anos, um velho caminhão quebrou no meio da Place de l’Ópera. O motorista teve que se esgueirar por baixo dele por meia hora para fazer os reparos. Após pedir desculpas ao guarda de trânsito pelo transtorno causado, o caminhoneiro partiu — Leia mais…

>Morte Eterna

> Aparentemente, um escritor e psicólogo alemão descobriu o caminho para a vida eterna há quase um século: Leinbach descobriu uma prova de que, na realidade, a morte não existe. Está além de questionamento, diz ele, que não apenas no momento do afogamento, mas em todos os momentos de morte Leia mais…