Por dentro da URSS: Igrejas

Antes da Revolução havia umas quatrocentas igrejas só em Moscou; hoje, há umas trinta. Naturalmente, a Igreja Ortodoxa foi desoficializada pouco depois que o governo soviético assumiu o poder (a 22 de janeiro de 1918, para sermos exatos), e nacionalizaram-se todas as propriedades eclesiásticas. As igrejas que ainda existem hoje Leia mais…

Em uma palavra [354]

kolbassá (kol.bas.sá) s.f. Cul. espécie de embutido russo, semelhante ao salame; tradicionalmente associado à fartura, tornou-se símbolo da perestroika, quando surgiram diversas variedades deste petisco, que até então era vendido em apenas dois tipos.