Corrigindo boatos de forma estratégica

18 de fevereiro de 2021 1

Postagem por Dayane Machado (@DayftMachado) e Minéya Fantim (@mifantim) Você não aguenta mais receber “fake news” no grupo da família? Já cansou de corrigir os mesmos boatos toda semana? Pois você não está sozinho. Desde que os primeiros casos de Covid-19 começaram a ser registrados, os potenciais riscos das desinformações deixaram de ser assunto para pequenos grupos de cientistas e invadiram o dia-a-dia de boa parte da sociedade. Nesses últimos meses, muita gente teve que aprender a checar informações e tem ajudado colegas e familiares a filtrar o conteúdo que anda Postagem Completa

Combatendo o pensamento conspiracionista com ciência

18 de junho de 2020 3

Por Dayane Machado (@dayftmachado) e Minéya Fantim (@mifantim) Os boatos se tornaram um tema recorrente no dia a dia da população após a confirmação dos primeiros casos de coronavírus em território brasileiro. Popularmente conhecidas como “fake news”, as desinformações ganharam maior projeção, principalmente nas redes sociais, em meio às incertezas criadas pela pandemia. “Fake news” [1], no entanto, é um termo que os cientistas têm abandonado nos últimos anos. O primeiro motivo para essa mudança tem sido a apropriação do conceito por políticos de vários países para criticar coberturas jornalísticas Postagem Completa