Quanto vale um animal selvagem?

jararaca

 

Os pais do meu namorado encontraram uma cobra no sítio. Colocaram-na numa garrafa PET e não sabiam o que fazer com o animal. Ligaram no bombeiro e eles disseram que não recolhem esse tipo de animal e na maioria das vezes as pessoas matam. Ai eles passaram o telefone de uma pessoa que geralmente recolhe cobras, só que essa pessoa estava em outra cidade, mais ou menos uns 60km de distância.

Pois bem, ligamos para a pessoa e ele rodou os 60km para ver a cobra, nós rodamos mais uns 15km do sítio até o centro da cidade para levá-la. Descobrimos que se tratava de uma jararaca  (Bothrops jararaca) e por ser bastante venenosa não era recomendado solta-lá novamente no sítio por causa dos outros animais (cachorros, vacas, galinhas, cavalos). O estudioso de cobras a levou embora dizendo que a entregaria num laboratório de uma Universidade da cidade que ele residia.

Só essa brincadeira de levar e trazer cobra foram rodados 150km, emitidos alguns quilos de gás carbono no ar e outros poluentes que qualquer carro emite… E ai? Uma cobra vale tudo isso? Matar teria sido a melhor solução? (Confesso que essa foi a minha primeira ideia). Ou será que soltá-la novamente na natureza e correr de perder outros animais seria o mais correto? Uma cobra vale mais que uma vaca? Não sei… Qual a melhor conduta numa situação como essa? Existe um o certo a fazer? Se alguém tiver a resposta, por favor me fale para que possamos agir corretamente numa outra ocasião.

 

P.S.: Eu sei que hoje é o dia Mundial da Água como já disse aqui, não me sinto na obrigação de escrever nada nessas datas comemorativas, já escrevo o ano todo sobre isso.

 

Foto: http://www.fiocruz.br/biosseguranca/Bis/infantil/jararaca.jpg

Eu não entendo de moda

Eu sei que de moda não entendo nada mesmo, mas de sustentabilidade, meio ambiente eu tenho o mínimo de noção e quando o pessoal resolve misturar as duas coisas sinceramente só vejo coisa equivocada, ou melhor, coisas que estão além da minha compreensão.

Aqui no blog já falei de uma certa propaganda da Diesel, de um desfile que usou paineis solares como decoração e agora o digníssimo Karl Lagerfeld resolve falar de Global Cooling (Resfriamento Global, numa tradução literal) no desfile da Channel.

O famoso estilista para justificar o tema do seu desfile fala: “Have you felt any warming this winter?” (Você sentiu algum aquecimento nesse inverno?), mas espertamente termina afirmando “In any case, nature has its surprises” (De qualquer forma, a natureza tem suas surpresas). É, ele tem suas dúvidas sobre o aquecimento global e por isso mandou “construir” um iceberg no meio da passarela do seu desfile. Veja a foto.

02_chanel_jp090310Foram contratados 35 escultores de gelo para criar o cenário, ao longo de 6 dias eles esculpiram em  240 toneladas de neve e o ponto mais alto do iceberg tinha 8,5 metros. Dá pra ter noção da brincadeira? Tudo isso pra mostrar a coleção Outono/Inverno 2010.

É, se em Paris eles fazem isso, usar placas solares como parte do cenário aqui no Brasil deve ser sustentável mesmo… Talvez pra moda sustentabilidade seja outra coisa que eu ainda não descobri direito o que é, tem estilista que duvida do aquecimento global…

09_chanel_jp090310 Ah! Já ia me esquecendo, as peles usadas no desfile são falsas! Isso eu consigo concordar que é sustentável.

 

Notícia lida via @dias_silvia

Transparência

A Apple admitiu que usou mão-de-obra infantil (aqui notícia original em inglês). No twitter o Instituto Ethos  pergunta a opinião das pessoas sobre o assunto. A resposta que eu dei foi “eu fico feliz de não ter nenhum produto da apple!”. Mas isso não quer dizer que os outros produtos eletrônicos que possuo não tenham passado por mãos infantis quando foi fabricado. Triste realidade.

É de admirar a transparência da Apple sobre o assunto, anunciou que isso foi realidade e hoje combate esse tipo de coisa, estou esperando outras empresas como a HP, a Sony, a Motorola ou a LG também se manifestarem a respeito.

Existe um documentário chamado Uma empresa decente que mostra uma empresa que fornece produtos para a Nokia na China passando por uma “auditoria ética”, é possível ver as condições de trabalho, os alojamentos, os refeitórios e perceber como as coisas funcionam na China. Ser correto não é nada fácil num mundo globalizado, principalmente num país como a China onde o crescimento tem que acontecer a qualquer custo.

Eu costumo dizer que a era do custo baixo acabou. Se você quer ter um mínimo de decência na hora de pagar um serviço ou comprar um produto ele não vai custar barato. Pagar um salário decente para funcionários, causar o menor impacto ambiental possível ou pagar por serviços ecológicos, tudo isso custa dinheiro e não sai de graça, alguém sempre vai pagar essa conta em algum momento, seja o empresário, seja o trabalhador da empresa, seja o consumidor, seja a sociedade. Até bem pouco tempo atrás essas variáveis nunca sequer eram mencionadas na hora do cálculo de preço de qualquer coisa. Ser sustentável custa, não adianta se iludir que é barato, fácil e/ou rápido. Você só tem que decidir se quer fazer as coisas certas do jeito certo ou assumir riscos de ser pego utilizando mão de obra escrava ou infantil, poluindo, acabando com comunidades locais, destruindo ecossistemas, etc.

Mais sobre a água

Eu ia responder os comentários sobre no post A Água do mundo, mas resolvi fazer um post, pois deve ter muita gente que não acompanha os comentários.

Pois bem, concordo que temos que evitar o desperdício e aprender a conservar, que a escassez de água é realidade em muitos lugares do planeta e que a água potável do mundo está diminuindo, mas apenas o argumento: "a água do mundo está acabando" é extremamente simplista. Como dizer isso pra uma criança se ela ver chover todos os dias numa cidade como São Paulo ou morando na floresta amazônica com rios com dimensões de mares? Isto é parte de uma realidade do nosso país, apesar de existir escassez de água em alguns locais.

E como explicar pra uma criança que ela economizando água aqui no Brasil vai poder ajudar alguém na África que não tem acesso a água potável? Aliás, se alguém tiver essa resposta por favor me responda por que eu também não sei.

Eu economizo água para economizar dinheiro, pra economizar energia (pois eu moro num prédio e preciso de uma bomba para bombear a água até o meu andar), economizo água porque não existe uma política séria no país de saneamento básico e portanto não tenho certeza que meu esgoto é tratado e ele pode estar contaminando algum rio ou lençol freático e mesmo que ele seja 100% tratado eu economizo pra que menos água tenha que ser tratada para voltar a natureza. E por fim eu economizo água porque é um recurso natural e não é por isso que posso utilizá-lo ao meu bel-prazer, não estou sozinha no mundo.

Mas existem pessoas que simplesmente não precisam economizar água, pra você que acredita que a água do mundo está acabando pode parecer estranho, mas existe, existem pessoas que tem nascentes de água do lado de casa ou poços artesianos e não pagam nada para usá-la (exceto o bombeamento no caso de poços)  e se elas usarem ou não a água vai continuar lá, lógico que isso acontece para uma minoria de pessoas, mas acontece.
Sou a favor da disseminação de conceitos corretos e completos sobre meio ambiente, aliás acho até que esse é um dos motivos pra esse blog estar num portal de blogs de ciências. Dificilmente você vai encontrar aqui argumentos do tipo: Salve as baleias. Salve os pandas. A água do mundo vai acabar. Não use sacolas plásticas. Não coma carne. Todos esses argumentos podem até ser válidos, mas pra mim são vazios de argumentos para a grande maioria das pessoas, pergunte pra uma pessoa na rua qual o motivo de se preservar baleias, mico-leões dourados ou pandas? Provavelmente ela vai responder porque sim, tenho minhas dúvidas que alguém vá usar argumentos como biodiversidade, preservação do habitat desses animais e por consequência do ecossistema ou ainda dizer que eles são apenas símbolos de uma causa maior.

A água do mundo não está acabando. Prefiro dizer que a qualidade da água está piorando, que tratamento de água é caro e que tem gente demais no mundo pela quantidade mais ou menos constante de água no Planeta.

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM