>

(conto folclórico dos índios norte-americanos)
Há muito, muito tempo atrás, homens e animais viviam juntos em paz e harmonia. Mas as coisas começaram a mudar quando algumas pessoas gananciosas passaram a caçar apenas para vender a carne e as peles. Isto levou a população animal a diminuir e trouxe grande preocupação aos bichos.
O grande urso branco decidiu, então, formar um conselho com os animais para que decidissem como deveriam se defender e se vingar. Houve muita discussão, mas nenhum consenso. Então, a mais velha e sábia mosca ofereceu uma proposta: “Deixe-nos chamar os espíritos” — disse ela — “Nós pediremos a eles que mandem grandes dores às pessoas e nós vamos carregar as doenças”.
Não demorou muito e uma grande epidemia se espalhou por todas as aldeias dos povos nativos, atacando tanto os homens bons quanto os maus. Mas os animais queriam punir apenas as pessoas más e ficaram muito tristes ao saber que as pessoas boas também estavam sofrendo. Então, se reuniram em outro conselho para decidir o que deveria ser feito.
As pequenas ervas trouxeram uma solução: elas prometeram curar os doentes. Então, os espíritos dos sonhos foram enviados aos xamãs para guiá-los até as ervas medicinais. E assim surgiu a medicina e a cura para os nativos norte-americanos.

0 comentário

Jose Tadeu Paz Moura · 27 de janeiro de 2014 às 20:44

Eu acho de muita importancia para a saude de nos idosos porque e um remedio que nao prejudica outros orgos

Deixe um comentário

Avatar placeholder

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content