Encontrar um tubarão em um campo de golfe não é incomum – embora geralmente seja um tubarão figurativo, como um tubarão capitalista. Mas e se você encontrasse um tubarão literal, de verdade, naquele gramado impecável, entre uma tacada e outra? Pois foi justamente isso que aconteceu na última segunda-feira no San Juan Hills Golf Club, em San Juan Capistrano, na Califórnia.

O mais incrível é que a queda de um tubarão-leopardo de duas libras [aprox. 1kg] foi um acontecimento discretíssimo. Ninguém estava jogando na tarde daquela segunda quando o Triakis semifasciata caiu perto do 12º. buraco. Segundo a diretora do clube de golfe, Melissa McCormack, o animal aparentemente caiu após ter sido capturado por alguma ave marinha*. Inofensivo aos humanos, o pequeno predador foi descoberto por um funcionário do campo, que encontrou o tubarão vivo, porém levemente ferido e sangrando.

Trabalhando às pressas para salvar o animal, McCormack e outros dois funcionários colocaram o tubarãozinho num balde com água. Então alguém lembrou que aquilo não era um peixe de água doce e o trio teve que improvisar uma dose de água salgada caseira (com sal de cozinha mesmo). Antes de soltá-lo no mar, McCormack teve o cuidade de fotografar o tubarão.

‘Onde estou? Quem sou eu?’ [Imagem: Melissa McCormick/San Juan Hills Golf Club]

Não é a primeira vez que o clube de golfe local atrai a fauna da região. “Nós temos nossos típicos coiotes, gambás e um ou outro cougar**”, disse McCormack. “Mas nada como um tubarão.”

[via The News Tribune]

_________
* Sobre uma ave que possa ter feito isso, vide o comentário do Rafael S. Marcondes a seguir.
** Para uma discussão do termo cougar, vide o comentário citado e a réplica Deste Que Vos Escreve.


0 comentário

rafinha.bianchin · 29 de outubro de 2012 às 17:06

Eu e minha mente doentia pensansdo em um novo tipo de bombas…
Falando em bombas, (quase) caiu no céu do japão milhares, senão milhões, de morcegos portando bombas incendiárias. Mas qual é a ave que vai levar um animal de um quilo por quilometros e lançá-lo sobre um inofensivo campo de golfe?

Rafael Sobral Marcondes · 29 de outubro de 2012 às 19:56

Bizarro! Mas na verdade não é tão difícil para uma ave carnívora de porte médio capturar e carregar um peixe de 1kg por algumas centenas de metros. Um animal como uma água-pescadora (Pandion haliaeetus) pode facilmente fazer isso! E se foi uma ave um pouco menor, pode não ter aguentado e deixado cair o coitado…

Ah, e a palavra “cougar” não existe em português… mas é o nosso famoso puma ou onça-parda ou leão-baio… vários nomes populares no Brasil!

    Renato Pincelli · 29 de outubro de 2012 às 23:23

    Ótima observação sobre a ave.

    Já em relação a cougar: essa palavra não só existe como você foi capaz de apresentar seus sinônimos! Além disso, cougar é uma corruptela anglo-francesa de cuguaçu, outro nome de origem tupi-guarani. Vide a interessante seção etimológica do artigo Cougar da Wikipédia anglófona. E, exceto pelo pequeno esportivo como mecânica VW, puma não é coisa nossa. A rigor, puma é termo de origem quéchua adotado pelos espanhóis.

Rafael Sobral Marcondes · 31 de outubro de 2012 às 18:25

Óia, eu nunca ia imaginar mesmo que “cougar” vem do tupi! Valeu por me chamar a atenção pra esse fato curioso! Mas de qualquer modo, eu nunca ouvi essa palavra em português nem sendo usada no Brasil pra se referir ao animal… E a Wikipédia me lembrou que no comentário anterior eu esqueci do mais brasileiro dos nomes populares do bicho: suçuarana!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *