Parque Antártica

Menos de 1% da área do continente antártico é coberta por vida vegetal, mas isso está começando a mudar. E há um bom motivo para se preocupar. A Península Antártica está no centro das atenções de quem acompanha as mudanças climáticas por causa do risco, cada vez maior, do desprendimento Leia mais…

O que andei vendo no Netflix em abril

Abril foi um mês em que o mestrado começou a me exigir bastante atenção mas mesmo assim consegui arranjar tempo para assistir documentários sobre calçados, os filhos da talidomida, a poluição oceânica, animais fofos, o encontro entre dois grandes cientistas e saga de cinco famosos cineastas na II Guerra Mundial. (mais…)

Em uma palavra [327]

troglófilos (tro.gló.fi.los) adj. Ecol. Zool. animais — em geral, morcegos, aves, répteis e insetos — que vivem em cavernas mas podem se deslocar para outros ambientes ou para a superfície em determinados períodos. [do gr. troglos = caverna + phylos = afeiçoado a]

A bateria que brilha no escuro

Baterias sólidas são cada vez mais inseguras e ineficazes. Uma solução — literalmente brilhante — pode ser um tipo de bateria líquida. Gasolina, óleo diesel, querosene, álcool… Todos esses líquidos armazenam energia mas essa energia só pode ser usada uma única vez. Com os combustíveis, queimou, acabou. Para armazenar energia Leia mais…

A micoplanta

Esse organismo tem cor de fungo, forma de fungo mas não é um fungo — é uma planta que se alimenta de fungos. Em abril deste ano, durante uma viagem de campo nas terras baixas de Kuroshima, o professor Kenji Suetsugu se deparou com uma centena de exemplares de uma espécie Leia mais…

Um passo em falso na estratosfera

Por-do-sol visto da alta atmosfera. A estratosfera é a faixa esbranquiçada nesta imagem.

Dois pra lá, dois pra cá, dois pra lá, pra lá, pra lá… Se o pé do parceiro de valsa ficar por lá é porque ele não sabe dançar ou está com algum problema. Na atmosfera acontece algo semelhante a uma valsa, só que com correntes de vento. Correntes de vento não sabem dançar então se uma delas sai do ritmo é sinal de problemas. (mais…)

Metendo ferro no metano

gas-natural

Ele está por todos os lugares: borbulhando nas profundezas do oceano; escapando dos cupinzeiros, emanando dos pântanos, elevando-se das plantações de arroz, escapulindo dos gasodutos, evaporando dos lixões, armazenado em botijões, queimado em fogões e está sendo emitido pelas milhões de cabeças (e rabos) de gado nas fazendas de pecuária. Invisível, ele passa muitas vezes despercebido e sobe à atmosfera, onde retém muito mais calor do que o ilustre gás carbônico. Seu nome é metano. (mais…)