Animes que me animam (vol. 2)

Mais recomendações de um cara que só descobriu animações e séries orientais em 2017

Eu deveria ter falado dos primeiríssimos animes que vi e gostei na coluna passada, mas acabei me esquecendo. Também fiquei de dar recomendações de doramas coreanos. Dessa vez temos histórias de alquimia e filosofia  steampunk; contos de contadores de história do Japão de meados do século XX; os romances irrealizados de Makoto Shinkai e transplantados de uma novelinha coreana, uma comédia de erros publicitários e duas abordagens distintas sobre viagens no tempo com resultados semelhantes. (mais…)

Animes que me animam

O que descobri no ano em que comecei a me interessar por animes (e doramas e mangás) Ao contrário dos meus colegas de infância — aliás, da minha geração inteira —, eu nunca gostei de animes. A única exceção, por ser bonitinho demais pra ignorar, era Hamtaro. O problema não […]

Skip to content