A ciência do Homem-Aranha

Peter Parker era um jovem que curtia muito ciências. E ele não era o garoto mais popular da escola – na verdade ele era um nerdinho magrelo que sofria bullying. Além das preocupações normais de um adolescente, uma grande preocupação dele era arrumar um emprego para ajudar seus tios, o Tio Ben e a Tia May, com quem ele morava.

Até que um dia, a escola do Peter visitou um laboratório que fazia estudos sobre radioatividade, e por um acidente o Peter foi picado por uma aranha geneticamente modificada. Na hora da picada, só deu uma leve dor. Mas aos poucos, o garoto foi percebendo que estava desenvolvendo habilidades muito estranhas, habilidades sobre-humanas: ele ficou muito mais forte, mais ágil, mais rápido (coisas que um nerd magricela dificilmente teria).

Além disso, seus reflexos melhoraram, seus sentidos aumentaram e, a cereja do bolo, ele descobriu que era capaz de escalar paredes e gerar e lançar teias, tipo uma aranha.

Nesse texto, eu vou te mostrar que os poderes do Homem-Aranha são muito parecidos com as habilidades biológicas das aranhas, embora com algumas diferenças importantes.

Este conteúdo foi originalmente produzido em vídeo, mas se preferir pode lê-lo logo depois do player!

Teias das aranhas

Uma das habilidades do homem-aranha é lançar teias. Você já se perguntou onde e como essa teia fica guardada dentro da aranha? Será que ela fica inteirinha lá dentro e a aranha só põe pra fora? Na verdade, o que a aranha armazena mesmo é tipo um gel de proteínas, e quando ela expele esse gel pelas fiandeiras (no abdômem), ele entra em contato com o ar e se solidifica, tornando-se fios bem finos.

A aranha consegue tecer fios com espessuras variadas. Quando ela quer construir a base de uma teia, por exemplo, ela vai precisar de um fio mais resistente, portanto vai tecer um fio mais grosso.

Por outro lado, se ela produz um fio mais fino e o utiliza para fazer um trançado em formato espiral, ela consegue deixar a teia mais grudenta, o que ajuda a capturar presas.

Quão resistente essas teias são?

As teias são extremamente fortes, se levarmos em conta o tamanho delas. Para você ter ideia, nem um fio de aço com a mesma espessura de uma teia de aranha seria tão forte quanto uma teia.

Cena do filme Homem-Aranha no Aranhaverso, que faz referência ao Homem-Aranha 1 (a versão com o ator Tobey Maguire)
Cena do filme Homem-Aranha no Aranhaverso, que faz referência ao Homem-Aranha 1 (a versão com o ator Tobey Maguire)

Lembra-se daquela cena do Peter Parker usando sua teia para segurar um trem em movimento? Você poderia pensar: “nossa que exagero”!

Cientistas calcularam há algum tempo, que se uma teia de aranha tivesse cerca de 21 centímetros de espessura e 1 Km de comprimento (certo, isso é muita coisa, mas veja só)… com essas dimensões, a teia seria capaz de frear um Boeing-747 de 180 toneladas voando a 1000 Km/h!

Ou seja, frear um trem, que não tem essa velocidade absurda, não seria nada muito exagerado. A teia do homem-aranha teria só que ser um pouco mais grossa do que uma teia real de uma aranha. Mas seria algo viável de se pensar.

Se a teia de aranha é mais resistente que aço, mais flexível que o Nylon, é extremamente leve e ainda é biodegradável, você deve imaginar que os cientistas adoram teias de aranhas. E de fato são! Existem cientistas trabalhando nisso há muitos anos, tentando desenvolver materiais similares a teias de aranha em laboratório e usar para várias coisas.

Habilidade de escalar paredes

Uma habilidade que o cabeça de teia tem e que é, de fato, um superpoder das aranhas e de alguns outros animais pequenos é escalar paredes.

Como as aranhas conseguem fazer isso? As aranhas possuem pelos muito pequenos nas patas que são chamadas de “setas” e elas funcionam como um adesivo que nunca perde a cola.

A quantidade de força que essas setas aguentam segurar depende da quantidade desses pelinhos que estão em contato com a superfície, depende da área de contato.

Infográfico de uma pesquisa científica que compara tamanho das patas com o peso de alguns animais.

Para fins de comparação, uma formiga, que é bastante leve, vai usar cerca de 0,1% da sua área corporal pra conseguir ficar presa a uma parede. Já uma aranha, que é um pouco mais pesada, pode chegar a ter 1% da sua área corporal coberta desses pelinhos, porque ela precisa dessa área maior para ser sustentada.

Uma lagartixa, que é bem mais pesada, precisa manter em contato com a parede 4% da sua área corporal. E essa área corporal está nas patas. Você pode perceber que a pata de uma formiga é mais fina, a de uma aranha é um pouco maior, a de uma rã é maior ainda e a de uma lagartixa já é bem mais espessa.

Um grupo de cientistas de diferentes universidades fez uma pesquisa mostrando essa correlação entre o peso do animal e a área das suas patinhas. Veja esse infográfico ao lado comparando o tamanho de diferentes patas.

Esse mesmo estudo calculou, para fins de curiosidade, que para um ser humano de 80 Kg e 1,80 m conseguir se prender a uma parede usando setas, a área de contato desses pelos com a parede precisaria ser 40% da área total do seu corpo.

Ou seja, para o Peter Parker conseguir escalar uma parede, ele precisaria colar quase a metade do seu corpo na parede. Imagina o Homem-Aranha tendo que colar toda a parte da frente do seu corpo na parede. Outra solução seria ele ter pés e mãos extremamente compridos. Nesse caso, a área total de seus pés e mãos teria que representar quase a metade da área total do seu corpo, o que seria bem estranho.

Apesar das habilidades que o Peter Parker desenvolveu realmente terem sentido biológico, a forma como ele as desenvolveu não faz sentido algum.

Veja só: como é que uma aranha (seja ela radioativa – que emite radiações – seja ela geneticamente modificada) seria capaz de mudar toda a genética do garoto com uma mera picada? O nosso corpo não possui uma grande central de controles que comanda tudo o que acontece no corpo. Cada célula nossa tem uma cópia do nosso código genético, que é um manual do que ela deve fazer, e ela recebe isso assim que ela é criada.

Então, se a picada de uma aranha pudesse, realmente, afetar os genes de uma pessoa, gerar mutações genéticas, elas aconteceriam provavelmente só na região do ferimento. É diferentemente do Hulk, que recebeu radiação por todo seu corpo.


Leia mais:

A ciência do Homem-Aranha.

Finas, elásticas e resistentes: teias de aranha são feitas de seda e servem como ferramenta de caça.

Estudo comparando tamanho da pata de animais com seus pesos (em inglês).

O comportamento de construção de teias.

Lucas Miranda

Físico e mestre em Divulgação Científica pela Unicamp. É professor no Sistema Anglo de Ensino, Colunista da Revista Ciência Hoje, Coordenador do projeto Ciência ao Bar e Cinegrafista, Editor e Tradutor na TV NUPES (Fac. de Medicina - UFJF)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content