Arrependimento e Desapontamento: O Que Acontece Quando Nossas Expectativas São Violadas?

ResearchBlogging.org Gosto muito de assistir ao programa Daily Show with Jon Stewart. O convidado do último dia 27 de foi, nada mais, nada menos que o ilustre presidente dos Estados Unidos Barack Obama. Aqueles que têm acompanhado o cenário político norte-americano nos últimos dois anos está certamente notando que o nível de frustração com o trabalho feito pelo presidente dos Estados Unidos é alto. As pessoas estão desapontadas. Algumas até mesmo arrependidas de ter votado nele. Elas esperavam mais do presidente.

Frustração, arrependimento e desapontamento são sentimentos negativos que fazem parte do nosso dia-a-dia. Todo mundo tem um conhecido ou conhecida que já confessou estar arrependido(a) por ter feito alguma coisa (alguns se arrependem por NÃO terem feito alguma coisa). Certamente todos conhecem alguém que disse estar desapontado com a atitude de alguém — chefe, amigo ou até mesmo namorado(a). O que causa arrependimento e desapontamento? São sentimentos iguais? Quais as consequências que esses sentimentos têm no nosso dia-a-dia? Como eles afetam nosso convívio com outras pessoas?

Esses sentimentos têm a ver com tomada de decisões. Quando tomamos uma decisão que se mostra errada em retrospecto, ou quando as nossas expectativas não são alcançadas, arrependimento ou desapontamento surgem. Apesar de parecerem a mesma coisa, esses dois sentimentos são bem diferentes e têm consequências distintas para nossa vida. Vamos tentar entender essa diferença.

Toda decisão que tomamos envolve um nível de incerteza. Uma maneira de lidar com esse nível de incerteza é criar expectativas com relação a resultados possíveis. Essas expectativas nos ajudam no processo de tomada de decisão e, consequentemente, têm uma influência muito grande em nossas ações. Agimos de acordo com nossas expectativas. Isso acontece no ambiente de trabalho (você confia em alguém para executar um certo trabalho, pois têm a expectativa de que o trabalho será bem feito), no ambiente social (você cria certas expectativas com relação a como seus amigos agiriam em certas situações) e obviamente no ambiente amoroso (sempre começamos um relacionamento criando expectativas com relação ao futuro do relacionamento).

Sentimentos negativos, tais como arrependimento e desapontamento, surgem quando nossas expectativas são violadas. Quando o resultado de uma decisão é pior do que aquilo que esperávamos, temos a emergência de emoções e sentimentos negativos. Basicamente, existem duas maneiras em que nossas expectativas são violadas. A primeira é quando descobrimos que a opção que escolhemos é pior que a opção que não escolhemos. Em outras palavras, criamos a expectativa de que a opção A é a melhor e no final das contas, a opção B seria a melhor. Quando isso acontece, sentimos arrependimento. A segunda é quando o resultado real é pior do que o resultado que esperávamos. Tínhamos uma expectativa com relação ao resultado X e esse resultado é qualitativamente pior. Nesse segundo caso, sentimos desapontamento (frustração).

O que diferencia esses dois sentimentos é o que os psicólogos chamam de “self-agency“. Uma maneira bem crua de traduzir essa idéia é: self-agency é noção de responsabilidade. Arrependimento ocorre quando temos uma noção de que somos responsáveis pela decisão e pelo resultado negativo dessa decisão. Por outro lado, desapontamento surge quando não temos esse sentimento de responsabilidade, ou seja, o resultado negativo é causado por algum fator que claramente não está no nosso controle. Mesmo não tendo controle, nossa expectativa é violada e consequentemente sentimos essa emoção negativa.

Quais são as consequências de sentimentos tais como arrependimento e desapontamento. Pesquisas na área de Psicologia Social têm mostrado que as pessoas têm diferentes atitudes a depender do sentimento que possuem em determinado momento. Pessoas arrependidas possuem uma tendência maior à “tentar consertar” o que houve de errado (devido à noção de responsabilidade envolvida na origem desse sentimento). Já o desapontamento está relacionado com sentimento de impotência. Geralmente as pessoas não tentam consertar o que houve de errado. As atitudes mais comumente ligadas ao sentimento de desapontamento são fuga e uma enorme carga de desmotivação. Pessoas desapontadas desistem dos problemas e são menos resilientes. Pessoas desapontadas ficam menos aventureiras e se arriscam menos. A apatia é um dos principais sinais de desapontamento.

A pergunta que não se cala é: como evitar sentir arrependimento e desapontamento? Uma estratégia infalível é você evitar tomar decisões. Apesar de ser uma estratégia tosca, ela garante que sentirá menos arrependimento e menos desapontamento com as coisas. No entanto, as pesquisas mostram que a longo prazo, aversão a tomada de decisões tem consequências devastadoras. Existe uma gama grande de pesquisas que mostram as melhores estratégias para evitar que esses sentimentos apareçam. É uma literatura grande e complexa (impossível de discutir aqui), mas, em termos gerais, o que essas pesquisas mostram é que (1) a tomada de decisão deve ser feita de maneira mais informada possível. Dessa forma, o nível de incerteza cai e consequentemente a probabilidade de um resultado negativo também cai, e (2) evitar decisões que envolvam um risco muito alto. Mesmo que você não seja responsável pelo resultado negativo (no caso de uma decisão arriscada), o sentimento de desapontamento pode surgir e deixá-lo apático e desmotivado.

Entender e conhecer mais sobre os sentimentos que guiam nossas ações é importante. Arrependimento e desapontamento existem e têm consequências sérias para o convívio social, político e pessoal. Espero que não tenha se arrependido de ler o Cognando hoje! 🙂

Referência:
Zeelenberg, M., van Dijk, W., Manstead, A., & de Pligt, J. (2000). On bad decisions and disconfirmed expectancies: The psychology of regret and disappointment Cognition & Emotion, 14 (4), 521-541 DOI: 10.1080/026999300402781

Esta entrada foi publicada em Psicologia Cognitiva. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

2 respostas para Arrependimento e Desapontamento: O Que Acontece Quando Nossas Expectativas São Violadas?

  1. ESPECIALISTAS disse:

    >Me arrependeria, sem dúvida alguma, se eu não tivesse "passado por aqui".

  2. Conheço algo sobre a Lei de Murphy.
    Mas existe algum estudo tentando explicar ou explicando porque as coisas que esperamos que aconteçam dentro de nossas provisões, sempre ocorrem ao contrário?
    Por exemplo: quando você está desempregado e não encontra nenhum trabalho dentro do seu perfil. Após árdua tentativa, um dia você consegue. Depois que conseguiu, aparece um monte.
    A mesma coisa se dá quando se está solteiro e carente de um amor. Depois de árduas tentativas, conquista a suposta cara-metade. Depois que passa a conviver com essa pessoa, lhe aparecem em seu caminho outros(as).
    Quando espera alguém e esta não aparece ao encontro marcado. Depois de se cansar vai embora e a pessoa aparece.
    Depois de horar esperando o ônibus. Depois que toma um táxi, o ônibus aparece.
    Existe uma Lei que explique essas situações?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.