“Foi mal”: Por que mulheres pedem mais desculpas do que homens?

ResearchBlogging.org

Em 2006, o comediante norte-americano Jim Belushi publicou um livro — muito besta por sinal — chamado “Real men don’t apologize” (Homem que é homem não pede desculpas). Apesar de bem imbecil, o livro retrata um fato interessante que, até então, havia sido pouco investigado sob um prisma psicológico-cognitivo: geralmente homens não gostam de pedir desculpas. Em geral, mulheres se desculpam muito mais do que homens.

Todos nós sabemos o quanto o reconhecimento de uma ofensa ou erro — e consequentemente o pedido de desculpas — contribui positivamente para o bem-estar das nossas relações sociais. Várias pesquisas já mostraram que um simples pedido de desculpas reduz a agressividade, a raiva e promove um clima mais amigável entre as partes. Mesmo assim, a gente percebe que mulheres pedem mais desculpas do que homens. Será por quê?

Essa pergunta foi investigada pelos pesquisadores Karina Schumann e Michael Ross, ambos da Universidade de Waterloo no Canadá. Para esses pesquisadores, existem duas possibilidades que potencialmente explicam o porquê das mulheres pedirem mais desculpas do que os homens: (1) pode ser que as mulheres pedem mais desculpas simplesmente por que cometem mais ofensas ou (2) as vezes o número de ofensas é o mesmo para homens e mulheres, no entanto, o limiar — o limite — do que constitui uma ofensa passível de pedido de desculpas é diferente para homens e mulheres. Em outras palavras, pode ser uma questão de percepção: um fato que para a mulher seja imprescindível um pedido de desculpas pode não ser para o homem.

Para investigar essas possibilidades, os pesquisadores fizeram dois estudos. No primeiro, um grupo de 66 pessoas completaram (durante 12 dias consecutivos) um diário onde eles tinham que relatar ofensas que eles cometeram e que mereciam pedido de desculpas, as vezes que eles se desculparam, além de relatar as ofensas que sofreram e se houve ou não um pedido de desculpas. Os resultados mostraram que, de fato, as mulheres ofendem muito mais frequentemente do que os homens — e consequentemente pedem mais desculpas. No entanto, proporcionalmente não há diferenças entre homens e mulheres. Em outras palavras, quando se compara o percentual (e não a frequência bruta) de ofensas que acompanham um pedido de desculpas, tanto homens quanto mulheres pedem o mesmo tanto de desculpas.

O que esse resultado sugere é que, o que diferencia homens e mulheres no que diz respeito a pedir desculpas ou não é o tipo de ofensa — ou pelo menos como ela é percebida. O processo de categorização sobre o que constitui ou não uma ofensa é diferente para homens e mulheres. Para investigar essa questão, os pesquisadores fizeram um outro estudo em que 120 pessoas analisaram uma série de ofensas, tanto imaginárias (em que o pesquisador inventava uma situação de ofensa) quanto reais (em que as pessoas tinham que lembrar uma ofensa real).

Utilizando uma técnica estatística conhecida como “bootsrapping“, os pesquisadores concluíram que a percepção da seriedade da ofensa foi diferente para homens e mulheres. Para as mulheres, por exemplo, tratar alguém com rispidez é uma ofensa muito mais séria do que para os homens. E o mais interessante desse segundo estudo, foi que os pesquisadores mostraram que, essa percepção da seriedade da ofensa, é que media o pedido de desculpas ou não. Por esse motivo é que mulheres pedem mais desculpas do que homens: simplesmente por que percebem a seriedade de uma ofensa de maneira diferente.

Mas, por que saber dessas coisas é importante? Imagine a situação de um casal em que a mulher perceba uma ofensa que para o homem passou despercebido? Ela pode concluir com isso que o homem é pouco sensível, ou não quer o bem-estar da relação. Por outro lado, o homem pode achar que a mulher está, na verdade, sendo sentimental demais e “fazendo uma tempestade em um copo d’água”. Saber dessas diferenças na percepção pode nos ajudar a lidar com situações desse tipo! 🙂

Feliz 2011!!!!

Referência:
Schumann K, & Ross M (2010). Why women apologize more than men: gender differences in thresholds for perceiving offensive behavior. Psychological science : a journal of the American Psychological Society / APS, 21 (11), 1649-55 PMID: 20855900

Esta entrada foi publicada em Psicologia Cognitiva. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

1 respostas para “Foi mal”: Por que mulheres pedem mais desculpas do que homens?

  1. RABELO, Aline disse:

    >Ah, mas nós mulheres sempre somos mais complicadas mesmo!!! 😛

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.