72 – Analisando o cenário da energia de Catar

E aí, pessoal. Sabia que a copa do mundo de 2022 foi realizada no tal país do Catar? E que tal então analisarmos um pouquinho sobre o cenário energético de lá?

O que se sabe sobre o Catar

O Catar é um dos países com uma maior pegada ecológica, eleita pelo WWF, já que possui uma das maiores reservas de petróleo e gás natural do mundo. Tais reservas propiciaram o Catar estar no topo da economia mundial. É possível verificar o consumo de energia no Ourworldindata e perceber que a maioria da energia de lá provem do gás natural e do petróleo. Neste mesmo site, percebe-se também a ascensão de energias renováveis, o qual o Catar esta investindo para não depender mais das fontes não-renováveis.

Retirada do site OurWorldInData/energy

Catar na Copa

Conforme falado no início deste texto, o Catar foi escolhido para sediar a copa do mundo do ano de 2022. Esta escolha foi feita, apesar das denuncias no país de violações de direitos humanos, especialmente no que diz respeito às mulheres, membros da comunidade LGBTQIA+, trabalhadores migrantes e jornalistas, o que já é lamentável por si só. A FIFA garantiu que durante a Copa, os direitos humanos seriam respeitados.

Além destes direitos, o Catar também prometeu entregar uma Copa mais “limpa”. Tanto que no site da Fifa, fez varias promessas em relação a uma copa mais sustentável. Porém, um estudo feito pelo Carbon Market Watch questiona isso, o qual também foi comentado num reel do Conexão Na7ural.

Além desta promessa, o Catar fez um acordo importante durante a Copa do Mundo 2022. O país agora levara gás natural para a Alemanha, de forma a reduzir a dependência desta em relação ao gás da Rússia, a qual foi banida da Copa do Mundo devido a invasão ao país da Ucrânia. Logo, isso poderia confirmar que a Copa é uma tentativa de expansão de mais acordos comerciais para o estado do Catar.

E o que podemos concluir?

Bem, primeiramente já é lamentável a Copa ocorrer no Catar, em um país que não é democrático e que não respeita os direitos humanos. E considerando as notícias que vimos, o Catar não esta preocupado apenas com a Copa do Mundo. Está preocupado também com os negócios do seu país. E como vimos em textos anteriores, energia também é uma mercadoria. E ela pode ser utilizada para acordos comerciais, além de motivo para começar guerras.

E até a próxima!!

Rafael Henrique

Sou graduado em Engenharia de Energia pela PUC Minas. Recentemente, concluí o mestrado em Planejamento de Sistemas Energéticos pela UNICAMP. Decidi dar inicio a este blog, com o intuito de abrir o espaço de divulgação científica relacionado a energia e seus temas relacionados.

Você pode gostar...

1 Resultado

  1. Descomplica disse:

    Concordo totalmente que fazer uma copa do mundo em um País onde não respeitam nem o mínimo dos direitos humanos é repudiante. Parabéns pelo artigo!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content