O que andei vendo no Netflix em janeiro

Três variações sobre o tema da arte: a arte de criar e vender brinquedos, a ciência que investiga falsificações artísticas e a arte como porta de entrada para os imigrantes recém-chegados aos EUA. E pluribus unum: o sonho americano [Out of Many, One: the immigrant’s story | 34 min. | 2018] — A fila contorna […]

Profissão do Futuro: “Programista”

Sabe aquele papo de que no futuro (quase) todo mundo vai ser programador e que aprender programação será indispensável para garantir um emprego? Então, essa história é mais velha do que parece. Na União Soviética do final dos anos 1950 já se dizia coisa parecida: Quais serão as profissões novas de 1997?, perguntou a revista de […]

Patentes Patéticas (nº. 149)

Múltiplos são os usos da toalha, segundo o cap. 3 do Guia dos Mochileiro das Galáxias. Além de servir como artefato de enxugamento corporal, esse pedaço de tecido felpudo retangular pode ter mil e uma utilidades, do uso como arma ofensiva — “pode umedecê-la e utilizá-la para lutar em um combate corpo a corpo” — ao […]

Botando um calço nas portas de buracos-de-minhoca

Viagens no tempo ainda são coisas de escritores de ficção-científica e timelords, mas vez por outra aparece um viajante do tempo perdido físico com uma teoria de viagem temporal. Albert Einstein (1879-1955), por exemplo, foi o primeiro a sugerir a possibilidade através do wormhole. O wormhole (literalmente: buraco de minhoca) seria um túnel que atravessaria […]

Descendo a Pudding Lane do séc. XVII

Fazer um passeio por Londres, hoje em dia, não é assim tão difícil. Mesmo sem sair de casa e sem gastar um penny, o Street View de Londres pode ser bastante divertido — tem até uma TARDIS! Entretanto, os fãs de Doctor Who ainda podem achar pouco. Afinal, apesar de ter de um passeio submarino […]

Habemus domini

Em abril de 2005, enquanto o Vaticano procurava um sucessor para João Paulo II, Roger Cadenhead registrava os domínios ClementXV.com, InnocentXIV.com, LeoXIV.com, BenedictXVI.com, PaulVII.com e PiusXIII.com. Cadenhead estava se precavendo, pois o novo papa poderia escolher um daqueles nomes. Porém, ao contrário do que parece, Cadenhead não era funcionário do Vaticano. Na verdade ele reclamava […]

Patentes Patéticas (nº. 100) (não, péra…)

Telefone celular (ou telemóvel para os lusos): OK. Tablet: OK. Carregadores de baterias: OK. Garrafinha de água: OK. Carteira: OK. Bolsos: não dá. Se você já enche seus bolsos (inclusive o do boné), como vai aindar por aí com sua parafernália tecnológica e manter-se on-line? Convenhamos, carregar celulares e tablets nas mãos não é confortável […]

A eugenia “não é o suficiente”

O ano 2100 verá a eugenia universalmente estabelecida. Nas eras passadas, a lei que governa a sobrevivência do mais ajustado capinou, grosso modo, as descendências menos desejáveis. O novo sentimento de pena dos homens passou a interferir com as operações brutas da natureza. Como resultado, nós continuamos a manter vivos e a reproduzir os inaptos. […]

Linhas de expressão cartesianamente corretas

Dadas suficientes variáveis, é possível plotar qualquer coisa num plano cartesiano. Círculos, triângulos, órbitas planetárias e até pessoas. O único problema é que, pra ser matematicamente preciso, você teria que encontrar e resolver as equações certas antes de sair por aí desenhando entre os eixos x e y. Ou talvez baste apenas fazer uma boa […]

Patentes Patéticas (nº. 78)

Além de usar óculos, uma maneira de parecer inteligente (ou até mesmo sensual) é mascar a ponta da haste de seus óculos enquanto se olha para o nada com um ar de quem está tendo um pensamento profundo ou buscando inspiração (mas na verdade não se vê quase nada). Enquanto pensava nisso, mascando as ponteiras […]

Próxima página »
Skip to content