Um Anúncio Obscuro

Há quem reclame que os anúncios publicitários impressos de hoje são pobres em texto, supérfluos e muito dependentes da imagem. Os argumentos deram lugares a trocadilhos. Mesmo os anúncios classificados têm, por motivos diversos, um texto pobre. O amante de textos de publicidade deve, porém, lembrar-se que textos longos nem Leia mais…

Patentes Patéticas (nº. 131)

image

Há muita coisa errada no mundo e um inventor é alguém que sempre busca consertar, de maneira criativa, pelo menos algum destes milhões de problemas. De tampas de privadas levantadas a adoção de crianças. Isto mesmo, adoção de crianças. Todo mundo sabe que em muitos casos há mais candidatos a pais adotivos do que crianças disponíveis (especialmente quando são crianças pequenas e brancas), mas como resolver isso? Que tal tentar um Método e Sistema para Permitir Consulta ao Público e Eleição de Pais Prospectivos em Procedimentos de Adoção em Rede Nacional. Apesar do nome burocrático, parece algo bastante democrático: (mais…)

Sem querer querendo

Palavras escritas por astrólogos nas páginas de jornais são bastante comuns. Sempre foram, na verdade. Também é comum que às vezes apareça uma profecia com ampla repercussão midiática. O que não é comum é um anúncio de um astrólogo negando que tenha feito a previsão de uma grande catástrofe que Leia mais…

Spotted: século XVIII

Ei, George, acho que esse anúncio é pra você! Ouça... [gravura de PUNCH, OR THE LONDON CHARIVARI. Vol. 156. May 7, 1919., via gutenberg.org]

Ei, George, acho que esse anúncio é pra você! Ouça… [gravura de PUNCH, OR THE LONDON CHARIVARI. Vol. 156. May 7, 1919., via gutenberg.org]

Esse negócio de publicar anúncios sob anonimato em busca de amores à primeira vista é mais velho do que se pensa. Talvez tão antigo quanto a imprensa, o ato de descrever alguém e fazer-lhe uma proposta (com ou sem segundas intenções) acontecia nos murais de redes sociais de 1700 e pouco: as páginas dos classificados.

Os seguintes exemplos são apresentados por Henry Sampson em A History of Advertising from the Earliest Times, Illlustrated by Anecdotes, Curious Specimens and Biographical Notes [Uma História dos Anúncios desde os Tempos mais Antigos, Ilustrada por Anedotas, Espécimes Curiosos e Notas Biográficas] (1874). O primeiro encontra-se no General Advertiser de outubro de 1748: (mais…)

Conflitos Esquecidos — Guerra Óptica

“Telescópio holandês” (1624). Gravura de Adriaen van de Venne e Jan Pieters van de Venne

Não foi um conflito militar, é claro. Ninguém saiu por aí armado de lunetas, microscópios e lentes. Essa pequena e esquecida guerra aconteceu nos jornais de Londres no começo do século XVIII. De um lado, a ambiciosa e talvez inescrupulosa jovem guarda da óptica, armada de uma autoconfiança cega; de outro, os veteranos do ramo, munidos de um ceticismo científico. No centro da disputa, a suposta performance de certos instrumentos, como um telescópio de dois pés. Não houve feridos, a não ser orgulhos. (mais…)

Letreiros de Londres

Quando se fala em Era Vitoriana, quase sempre vem à mente a imagem de senhores cavalheirescos, verdadeiros gentlemen, e damas submissas e virginais. Isso nem sempre foi verdade, claro. Até porque, por volta de 1850, em meio à Revolução Industrial movida a vapor, surgiu o moderno mercado publicitário e cada Leia mais…