Patentes Patéticas (nº. 136)

Quando se fala de fast food, o que queremos dizer é “comida de preparo rápido” e não, de maneira mais literal, “comida veloz”, uma refeição que realmente corre. Quando falamos de rodízio, também não é exatamente o almoço ou o jantar que roda — são os garçons. Quando falamos de self service, somos nós mesmos […]

O Mistério de Bermagui

Em outubro de 1880, o geólogo australiano Lamont Young partiu num barco pesqueiro para investigar possíveis minas de ouro ao norte de Bermagui, um vilarejo no litoral sul de Nova Gales do Sul. Junto com Young — que fazia jus ao nome com seus 29 anos — iam o seu assistente, Max Schneider; dois pescadores, […]

“Éter orgânico”

“Mesmer”, diz [Wilhelm Gottlieb] Tennemann em seu Manual of the History of Philosophy [Manual da História da Filosofia, publicado em alemão em 1812 e em inglês em 1832], “descobriu, ou antes redescobriu, a existência de uma nova força — uma potência universalmente difusa, similar à atração e à eletricidade, permeando em e agindo sobre todos […]

Patentes Patéticas (nº. 116)

Ah, o fim do século XIX! Enquanto Edison e Tesla brigavam em seus laboratórios, a eletricidade — essa coisa invisível porém chocante que viaja por fios de cobre — parecia mágica aos leigos. Como aconteceu pouco depois com a radioatividade, a energia elétrica também era vista por muitos como uma panaceia, uma cura para todos […]

Contos Traduzidos: “A Estrela”

Num fim de ano, numa virada de século, enquanto o resto do mundo se dedica às festas ou ao trabalho, os astrônomos percebem que há alguma coisa errada com Netuno. Para a comunidade astronômica isso já seria o bastante para causar rebuliço — seria a perturbação causada por um outro planeta? Imaginem, então, quando os […]

Pot-pourri cosmoteológico

A certa altura de Things not Generally Known, Familiarly Explained. A book for old and young [Coisas pouco conhecidad ordinariamente, com explicações familiares. Um livro para jovens e velhos] (1866), John Timbs apresenta um pequeno carnaval de teorias — ora mais cosmológicas, ora mais teológicas — sobre o surgimento do planeta Terra: “A Terra”, diz […]

“É o Sol habitado?”

Se (diz [François] Arago) essa questão fosse simplesmente proposta para mim — É o Sol habitado? — eu responderia que nada sei sobre a matéria. Mas permita-me supor que alguém me perguntasse se o sol pode ser habitado por seres organizados de maneira análoga àqueles que povoam nosso globo, não hesitaria em responder pela afirmativa. […]

Rothamsted, berço da agricultura moderna

Se a questão da fome no mundo é algo que lhe preocupa, é bom lembrar que a Química criou condições para alimentar (quase) todos os bilhões de habitantes do planeta já no século XIX. O que pode ser chamado de primeira Revolução Verde começou com a pesquisa e o desenvolvimento de fertilizantes sintéticos num lugar […]

Letreiros de Londres

Quando se fala em Era Vitoriana, quase sempre vem à mente a imagem de senhores cavalheirescos, verdadeiros gentlemen, e damas submissas e virginais. Isso nem sempre foi verdade, claro. Até porque, por volta de 1850, em meio à Revolução Industrial movida a vapor, surgiu o moderno mercado publicitário e cada espaço disponível em Londres passou […]

“Tribos das Asas Escamosas”

Esse é o título de um longo poema escrito pelo entomologista britânico Edward Newman em 1857. A inspiração, evidentemente, é entomológica. Apresentamos uma versão em português (com hiperligações para os nomes citados, quando encontrados): Vamos dar uma volta, minha Laura, Descendo pela Alameda Rural até o lago arbustivo, Onde teu pai amiúde pesca Belos besouros […]

« Página anteriorPróxima página »
Skip to content