O que andei vendo no Netflix em maio

No mês do Dia da Toalha estive azarado feito um Arthur Dent. Ainda que a Terra não tenha sido destruída (por enquanto), meu carro me deixou na mão durante uma viagem e, como não tenho dinheiro para consertá-lo, me vi andando tanto que ganhei uma lesão no calcanhar direito. Também tive problemas com um grupo de trabalho na faculdade. Apesar de tudo, pude ver boas produções sobre o impacto de um massacre escolar numa comunidade americana, as lutas contra os preços abusivos de medicamentos contra a AIDS, os esforços para recuperar os veteranos traumatizados pela II Guerra, e observei as experiências de ficar cego, resgatar refugiados da Alemanha Nazista, ter filhos e conhecer o Japão. (mais…)

O que andei vendo no Netflix em novembro

Minha categoria preferida de filmes sempre foi documentário. Quando criança, na locadora, eu sempre trazia pra casa (depois de passar um tempão indeciso diante de tantas escolhas) um ou dois desenhos e um documentário em VHS, geralmente da National Geographic. Com o Netflix não poderia ser diferente.

Como continua sendo difícil escolher o que ver diante de tantas opções, decidi começar a fazer uma série mensal com minhas indicações de documentários. Pode haver spoilers, mas não acho que isso seja problema nessa categoria. Não vou fazer um sistema de notas (acho isso muito subjetivo), mas deve ficar claro que quanto mais eu escrever sobre algo, melhor.  Apresento-lhes, então, na mesma ordem em que assisti, o que vi durante esse mês de novembro: (mais…)