Author Archives: Claudia Chow

Mais um ativista famoso, mais um documentário a caminho…

Estive de férias mês passado nos EUA e dando uma olhada nas bancas de jornal e revistas me deparei com a “edição verde” da Vanity Fair. E quem está na capa?? Leonardo DiCaprio. Fiquei pensando: o que ele tem a ver com isso? No fim da viagem já no aeroporto resolvi dar mais uma olhada nas revistas e os assuntos em pauta e resolvi comprá-la para ver o que a Vanity Fair tinha a dizer na sua “segunda edição verde anual” e é claro, o que o Leonardo DiCaprio fazia na capa.

Leonardo DiCaprio está fazendo um documentário chamado The 11th Hour que trata das doenças do meio ambiente e suas possíveis curas. DiCaprio está produzindo, é o co-roteirista e narrador do filme.

Nesse novo documentário o físico Stephen Hawking e outros famosos ambientalistas americanos falam sobre o aquecimento global e as mudanças climáticas.

O filme The 11th Hour terá sua premiere no Festival de Cannes.

Uma das coisas que me surpreendeu foi o site do Leonardo DiCaprio, na página principal você tem do lado esquerdo o link para o site dele, com filmografia, novidades da carreira de ator, etc e no lado direito um link para o Eco-site. Esse Eco-site eu entendi como o site da Fundação Leonardo DiCaprio que trata de assuntos relacionados ao meio ambiente como o aquecimento global, energias renováveis e alternativas e a preservação da biodiversidade, você encontra ainda um site para crianças. Tudo bem que eu nunca procurei nada a respeito, um site sobre meio ambiente para crianças em português, mas será que tem alguma coisa parecida? Esse eu achei fantástico!!

No Eco-site você pode encontrar 2 videos muito legais um sobre aquecimento global e outro sobre Planeta Água, ambos narrados pelo ator (uma pena não conseguir colocar o link aqui). Vídeos curtos que alertam sobre esses problemas de forma bastante inteligente.

Interessante ver mais uma pessoa famosa e com alcance global preocupada com o assunto e aproveitando da sua imagem e poder pra tentar fazer alguma coisa. Entendo que nos EUA se tenha muito mais dinheiro pra poder fazer coisas do tipo, mas aqui no Brasil eu não consegui pensar um artista que parece preocupado com os rumos do Planeta, talvez eles possam até estar, mas nenhum que tenha se mobilizado a respeito ou divulgado sua preocupação. Eu vejo muito mais as empresas tentando fazer alguma coisa do que algum “formador”de opinião que tenha abraçado a causa.

Por favor, digam que eu estou errada e que tem alguém com um alcance maior que o meu querendo mostrar para as pessoas que temos de mudar de comportamento se quisermos continuar nesse Planeta.

E o Itaú traz Al Gore

Ontem, depois de escrever o post sobre o filme Verdade Inconveniente, entrei no site do Itaú para ver minha conta, na capa da página estava bem grande: Itaú traz Al Gore. Fui lá clicar e ver quando, onde, como e por que. Só consegui descobrir por que. Porque o Itaú é o único banco da América Latina que fez parte do Índice Dow Jones de Sustentabilidade por sete vezes consecutivas e porque foi apontado como o banco mais sustentável e ético da América Latina pela revista Latin Finance.

E por que cargas d´água eles não usam isso a favor deles? Eu aqui elogiando o Banco Real e o Itaú com essa bola toda no quesito sustentabilidade? Viu do que o marketing é capaz? Eles estão perdendo tempo em não aproveitar essa deixa.

Ai lendo Blue Bus vejo que os telefones do Itaú não param de tocar para saber sobre o evento do Itaú com Al Gore, que será na semana que vem, em São Paulo, dia 12 de maio, num evento restrito a 400 convidados com acompanhantes. Na lista inicial estão incluídos somente empresários, políticos, ONGs e comunicadores. Ana Maria Braga e Luciano Huck já confirmaram presença. Tomara que os selecionados a assistir tal palestra sejam sensibilizados de tal forma que façam algo de útil e eficaz para convencer as pessoas a mudarem de comportamento. Aliás, se as 800 pessoas que assistirem mudarem seus comportamentos já está bom. Não serei tão exigente.

O filme, finalmente

Com um atraso considerável finalmente assisti ao tão famoso filme do Ex-vice-presidente dos EUA Al Gore. E claro tenho que colocar a minha reles opinião aqui.

Eu gostei bastante, achei super informativo, cheio de dados interessantes, imagens fantásticas e bem didático. Não há como negar que é um bom filme Hollywoodiano que trata de um assunto nada Hollywoodiano. De fato ele coloca o dedo na ferida e diz que todos temos que mudar de comportamento. As equações por ele apresentadas: Velhos Hábitos + Velhas Tecnologias = Conseqüências previsíveis e Velhos Hábitos + Novas Tecnologias = Conseqüências dramáticas, é formidável. Eu realmente acredito que não é possível continuar com os mesmos comportamentos num mundo que não é mais o mesmo a cada dia que passa. Ele usa um exemplo super dramático como a guerra, eu geralmente uso um exemplo bem menor e banal: o telefone celular, você diria há 15 que o telefone celular se tornaria um objeto que daqui a pouco até cachorro vai ter? Eu não…

Mas a pergunta que me faço depois de ver esse filme é: quem assiste a esse filme? Pessoas como eu, como você, que se preocupam e tentam fazer alguma coisa pelo Planeta? Nesse caso de verdade, pra mim, pra você não fez muita diferença, provavelmente não vimos nenhuma grande novidade no filme. Será que pessoas que não tem o mínimo de preocupação com as conseqüências de suas atitudes assistem esse filme? Pra quem acompanha o blog vai entender: “consumidores da Diesel” assistem esse filme? E até que ponto o filme irá sensibilizá-lao? Por que a maior dificuldade que eu encontro é conseguir convencer as pessoas a se preocuparem com o futuro do Planeta. Ou melhor, a perceberam que são as pequenas atitudes delas que irão determinar o futuro do Planeta. E é muito difícil fazer isso sem ser chato, afinal, ser repreendido por que você deixou a torneira aberta enquanto escova os dentes não é legal; pedir para a pessoa levar as próprias sacolas no supermercado também é chato, dá trabalho; separar o lixo, então, não dá tempo… Eu não consigo falar para as pessoas ao invés de amassar o papel rasgá-lo sem ser olhada com espanto!

É uma atitude maravilhosa a do Al Gore, acharia o máximo se tivesse um ex-vice-presidente desses no nosso país, mas não paro de me questionar quando as pessoas de fato se sensibilizarão e mudarão de comportamento, essa mudança lenta de comportamento me deixa muito preocupada.

Sites

Depois das férias… Estou de volta, ainda num ritmo lento, mas tô aqui.

Sei que dia 22 foi o dia da Terra e eu não fiz nenhuma postagem, pretendo seguir a sugestão do Blog Faça a sua Parte e pensar na mina meta ambiental, mas ainda não consegui fazer isso, farei ainda essa semana.

Como recebi essa semana por mail mais um site de Sustentabilidade que foi inaugurado aqui no Brasil resolvi falar de alguns deles.

O site que eu mais uso e conheço há mais tempo é o do Centro de Estudos em Sustentabilidade da EAESP (FGV). Esse site tem um ótimo clipping das notícias de meio ambiente no país, várias das notícias que divulgo aqui no Blog eu fico sabendo lá. O link de cursos deles é muito bom encontrei vários cursos bem interessantes. E a Revista Página 22, que você pode receber em casa, também é muito boa. Eu visito esse site quase todos os dias para ficar por dentro das notícias ambientais que rolam por ai.

Outro site que é bastante novo, foi lançado esse ano, é o Mercado Ético. Esse site é a versão brasileira da plataforma multimídia Ethical Markets. Esse site é rico em colunas, matérias e coisas do gênero sobre sustentabilidade, porém eu sinceramente nunca consegui ler uma matéria inteira desse site, são extremamente longas e acho que a diamagração não ajuda, as letras pequenas, o texto com linhas muito longas prejudica. Eles também tem a TV Mercado Ético, que eu não consegui assistir (talvez por que eu use Firefox, não sei), mas também achei os vídeos muito longos, acho que o menor tem 10 minutos, será a minha Internet daria conta? Também tem um blog pouco atualizado.

O site que eu recebi o mail divulgando é o Planeta Sustentável, esse é bem novo e achei muito interessante. O objetivo é a criação de um site específico que reúna conteúdo de referência sobre o tema e a manutenção de constante debate, com a contribuição de organizações convidadas. Eles têm um conselho interessante, composto por figurões do cenário nacional. Na real acredito que nem metade deles dê alguma contribuição de verdade ao site, mas o fato de terem emprestado seus nomes dá um ar de seriedade e influência. Ainda não explorei tudo mas gostei muito de algumas dicas e do que vi até agora.

Agora um detalhe: o Banco Real está com seu logo em todos os três. Como parceiro, patrocinador, participante.

Esses são só alguns sites do gênero, existem muito mais, esses são só 3 que sempre estou visitando e queria mencionar e saber a opinião de outras pessoas sobre, deixem suas opiniões nos comentários.

Mais um relatório do IPCC


Imagem: World Press Photo/AE

E você sabe o que diz ele? Ganha um doce quem adivinhar…

Não é nada muito diferente do que já foi dito e tem sido discutido: regiões úmidas, mais úmidas, regiões secas, mais secas, milhões passando sede em alguns locais e ilhas sendo inundadas e desaparecendo… Como declarou um dos apresentadores do relatório: “O aquecimento torna um mundo desigual ainda mais desigual”.

Como se pode ver não tem mais volta, o aquecimento está acontecendo e as conseqüências são realmente graves? Será que dará tempo para o homem se adaptar ao meio? O que temos feito tem sido suficiente? Provavelmente, você e eu não seremos os principais afetados, mas você quer continuar vivendo num planeta onde existem pessoas morrendo de sede e fome como morrem na África e em vários países pobres? Eu sei que não podemos salvar o mundo, mas você está fazendo o melhor que pode para garantir um mundo no mínimo parecido como esse para seus filhos, netos…?

Quando leio as conclusões desses relatórios me dá um aperto no coração em saber que o que eu faço é tão pouco e mínimo perto do que realmente precisa ser feito, quase perco as esperanças que o mundo pode ser um pouco melhor que é. Mas não podemos desistir, nosso trabalho é de formiga, um pouquinho por dia pra conseguirmos construir um formigueiro melhor e mais sustentável.

Um dos cientistas do IPCC declarou: “a principal mensagem é que o atual estilo de vida dos países ricos, bem como a desigualdade global, não são sustentáveis no longo prazo.”

Se você ainda não entendeu direito o que é efeito estufa, aquecimento global e suas conseqüências, aqui tem uma animação muito bem feita e interessante, além de apresentar as últimas conclusões do último relatório do IPCC.

P.S.: Estou saindo de férias do trabalho, portanto nas próximas 2 semanas pode ser que esse blog não seja atualizado com muita freqüência. Espero que compreendam, estarei em merecidas férias.

Mudanças de clima, mudanças de vidas

Esse documentário do Greenpeace lançado em 2006, mostra como o aquecimento global já afeta a vida de milhões de brasileiros.

Se você quiser assisti-lo pode ver aqui.

Também é possível adquirir o DVD pelo site do Greenpeace.

A TV Cultura já exibiu esse documentário no Repórter Eco, se não me engano.

Você também pode encontrá-lo no Youtube.

Não podemos fingir que o problema está longe de nós, ele está do nosso lado e não dá para ignorar seus efeitos. Com esse documentário não dá pra negar a mudança que a Terra está sofrendo. É claro que se quisermos continuar vivendo nesse planeta e garantir o futuro das próximas gerações, teremos que mudar de comportamento e nos adaptarmos.

Só pra atualizar…

O urso fofo agora tem um blog! Se você entende alemão segue o link: http://blog.rbb-online.de/roller/knut/

Uma fofura… Mas…

Quem ainda não ouviu falar do tão famoso ursinho Knut? É, o ursinho rejeitado pela mãe e que estão criando num zôo da Alemanha e que agora faz o maior sucesso aumentando até o valor das ações do zôo.

Tudo bem que a idéia de sacrificá-lo é um tanto quanto radical e absurda, não acho que podemos nos dar ao luxo de sacrificar animais selvagens, ainda mais um urso polar que já está na lista de animais em extinção, mas assisti um vídeo dele no Youtube (veja um dos vídeos que eu achei abaixo) que me chocou a maneira como ele está sendo criado. O animal parece um bichinho de pelúcia!!! Gente, eu entendo que ele é lindo, fofíssimo, a coisa mais meiga do mundo e que ninguém hesitaria em levá-lo para casa, mas ele não deixa de ser um animal selvagem.

Esse vídeo me fez lembrar um documentário que vi sobre pandas no Discovery Channel (eu acho) já tem um bom tempo. Quando os ocidentais “descobriram” a China e os pandas eles simplesmente acharam que o bicho era uma animalzinho de estimação e mostrava um vídeo antigo preto e branco, deles chegando nos EUA no colo de uma senhora como se fosse literalmente um bichinho de pelúcia!!

Salvamos o urso Knut da rejeição da mãe para domesticá-lo? Entendo que ele precise de cuidados especiais pois os ursos passam um bom tempo com seus filhotes até se tornarem independentes, mas a coisa já virou absurda! Daqui a pouco vamos ver crianças pedindo aos pais ursinhos de verdade de estimação, acho que não devemos incentivar esse tipo de comportamento, já não concordo muito com a idéia de zoológicos, imagina domesticar esse tipo de animal!

Suprema Corte manda EUA controlar emissão de carbono

Já que o presidente dos EUA não faz nada a respeito, a Suprema Corte faz por ele.

Eu não entendi muito bem o que de fato a Lei do Ar puro vai fazer, diz que vai controlar as emissões de dióxido de carbono dos carros (acho muito pouco), mas já é um começo pra um país cujo governante ignora o aquecimento global.

Leia a notícia aqui.

Quer tentar convencer o Presidente dos EUA a assinar o protocolo de Kyoto?


Se você acha que consegue essa proeza participe do concurso Leão Verde 2007 que tem como tema o Aquecimento Global.

Faça um anúncio convencendo o presidente dos EUA a assinar o protocolo de Kyoto e a liderar a “guerra mundial” contra o aquecimento global. O vencedor vai para França acompanhar o Festival de Cannes.

E aí, vai encarar?

Notícia do Blue Bus.

O site do concurso aqui.

Imagem: Nasa

Skip to content