Sobre os nossos blogs

Corrigindo uma grave omissão, veja uma breve descrição de nossos blogs e editores:
100nexosKentaro Mori РBlog que aborda curiosidades sortidas girando ao redor de ciência e tecnologia.
42Igor Santos – Um blogue (por um nerd) que tenta explicar a Vida, o Universo e tudo mais, de forma clara e divertida.
Brontossauros em meu JardimCarlos Hotta – Um blog sobre Biologia que foca em descobertas curiosas sobre os seres vivos e nas pesquisas que levaram a elas.
CaaporaLuciano Lima РUm blog sobre Zoologia, Evolução e Conservação da Biodiversidade com um leve viés Ornitológico.
Chi vó non póJoão Carlos da Cunha РUm megalomaníaco como qualquer outro… Oficial Reformado do Corpo de Fuzileiros Navais, casado, com 2 filhos e um neto (e outro a caminho), Velho, ranzinza, macumbeiro e cinófilo.
Ciência e Psicologia РFelipe Epaminondas РUm blog sobre a psicologia, em especial a análise do comportamento, e sua relação com outras áreas da ciência.
EcodesenvolvimentoClaudia Chow – Ge√≥loga preocupada com os rumos que os seres humanos tem dado ao seu √ļnico planeta. Blog dedicado a debater sobre temas ligados ao meio ambiente e sustentabilidade.
Este ou Aquele?Tine Ara√ļjo – Um blog que busca mostrar a import√Ęncia da estat√≠stica em sua vida com humor e responsabilidade, analisando e comentando pesquisas divulgadas pela m√≠dia, conta tamb√©m com o dicas do software R, oportunidades de est√°gio/emprego e um dicion√°rio de estat√≠stica gratuito.
GeófagosCarlos Pacheco, Elton Luiz Valente, Italo M. R. Guedes e Juscimar da Silva РO objetivo específico deste blog é a divulgação em linguagem acessível do conhecimento científico sobre agricultura e meio ambiente, como os agroecossistemas interagem com o meio ambiente e de que forma podemos viver melhor usando este conhecimento.
Id√©ias Cretinas – Moc – “Desejo pregar a ‘vontade de duvidar’. Nenhuma de nossas cren√ßas √© exatamente verdadeira; todas t√™m, pelo menos, uma penumbra de ambig√ľidade e erro”. (Bertrand Russell)
As incr√≠veis aventuras das Supercordas – Ibrahim Cesar – Stephen Hawking um dos cientistas mais c√©lebres de nosso tempo, que deu grandes contribui√ß√Ķes especialmente no campo da cosmologia, declarou que o objetivo de sua vida sempre foi tentar deixar a ci√™ncia t√£o fascinante quanto a fic√ß√£o-cient√≠fica. Essa √© a busca deste blog: O “assombro” com o olhar cient√≠fico, o “Uau!” ap√≥s ler uma teoria ou hip√≥tese.
Marco Evolutivo РMarco Varella РEducação não-formal e divulgação científica brasileira e internacional sobre Ciência, Evolução e Comportamento Animal, principalmente o Humano.
Massa Cr√≠tica – Luis Brudna – A ci√™ncia vista em sua totalidade, com dados e informa√ß√Ķes sobre fatos pouco conhecidos. Tudo isso abordado de uma forma c√©tica e consciente.
n-Dimensional – Renan Picoretti – Um blog sobre F√≠sica com o objetivo de desfazer as in√ļmeras concep√ß√Ķes erradas que povoam o senso comum e que prejudicam o Ensino, a Divulga√ß√£o e a Populariza√ß√£o dessa Ci√™ncia.
Rainha Vermelha – Atila Iamarino – Um blog sobre ci√™ncias voltado para evolu√ß√£o e rela√ß√Ķes biol√≥gicas.
RNAmensageiro – Rafael Soares – Id√©ias e informa√ß√Ķes sobre o mundo e a ci√™ncia por um doutorando ainda empolgado.
Tubo de Ensaios – blog de m√ļltiplos autores, blogueiros ou n√£o-blogueiros. Qualquer um pode participar!
Universo F√≠sico – Igor Zolnerkevic – um blog com reportagens fora do comum sobre cientistas e suas ci√™ncias, dismistificando especialmente as apavorantes e traumatizantes ci√™ncias “exatas”.

Mais do mesmo

Começo do ano de 2008, eu empolgado com meu blog (na época, o Transferência Horizontal), resolvo encontrar o Carlos, para fazer a ele algumas propostas de colaboração entre nossos blogs, e discutir algumas idéias que estavam surgindo. Certo de que faria a melhor proposta, contei sobre oportunidades que surgiam, quando ouço:

Por que não criamos um condomínio de blogs de ciência brasileiro?

A minha maior d√ļvida nesse momento foi sobre a diversidade de blogs e leitores que poder√≠amos ter. Mas meu gosto por ci√™ncia me fez concordar na hora. De qualquer forma, no evento Blogagem In√©dita apresentar√≠amos as id√©ias, e v√°rios dos blogueiros mais indicados para julg√°-la id√©ia estariam presentes.
A recepção não poderia ser melhor, recebemos muito apoio e atenção dos presentes. Nos faltava um retorno, para termos certeza de que a idéia era possível, e lá o problema foi sanado.
Foram quatro meses para conhecer outros blogs, contatar blogueiros e desenvolver o Lablogatórios. Se tem alguém mais receptivo e disposto do que um cientista, é um estusiasta de ciência -independente de ser cientista ou não. Em pouquíssimos casos não obtivemos resposta, e a maioria delas foi positiva.
Contamos com o apoio de gente como o Inagaki (incrível como essa galera está presente em tudo), que nos apresentou à designer que atendeu a tudo que eu buscava: acessível, disposta, paciente, competente, e o melhor, dona de um ótimo portifólio. Sou muito grato pelo trabalho da Neca .
Além de acertar na parceria de idéias, no suporte, e no desenho delas, acertamos também no nosso programador, Ricardo. Competente, paciente e extremamente capaz. Optamos por usar uma plataforma não tão comum, principalmente no Brasil, que é o WordPress MU, e ele teve a coragem de encarar esse desafio.
Desenvolver em WPMU, gerou dificuldades para o design e para a criação das ferramentas que tornassem viável o que planejamos. Só o tempo nos dirá se fizemos uma boa opção, e de qualquer forma já estão todos com uma bagagem mais rica em blogs.
Para concretizar o Lablogs, contei com gente que gosta de ci√™ncia, leitores, blogueiros que fazem e n√£o fazem parte da nossa iniciativa, blogueiros presentes no espa√ßo Gafanhoto, at√© nossa designer e nosso programador. Este √© um projeto feito por quem gosta de ci√™ncia, para que todos gostem de ci√™ncia e tenham acesso a conte√ļdo de qualidade.
Tenho muito orgulho de fazer parte dele.

A origem do Lablogs

…ou uma breve hist√≥ria do tempo.
Tudo come√ßou com um sonho. Ao ver o n√ļmero e a qualidade de blogs de Ci√™ncias que come√ßavam a aparecer ao mesmo tempo que o meu, aparecia a vontade de algo maior. Eu sempre me perguntava: ser√° que um dia ter√≠amos algo como o ScienceBlogs no Brasil?
O ScienceBlogs √© um condom√≠nio de blogs cient√≠ficos em ingl√™s. Ele surgiu em 2006 com 15 blogs em um momento que a blogosfera cient√≠fica l√° de fora atingia a maturidade. Hoje em dia, o site tem cerca de 70 blogs e mais de 1 milh√£o de visitantes √ļnicos por m√™s. Mais importante: ele √© um dos grandes formadores de opini√£o entre os cientistas e simpatizantes no mundo inteiro. Muitos blogueiros do ScienceBlogs s√£o considerados celebridades e s√£o frequentemente citados em jornais como o The New York Times.
Os blogs cient√≠ficos no Brasil est√£o longe da maturidade da blogosfera em ingl√™s. Isto √© um reflexo claro do pequeno n√ļmero de cientistas brasileiros e do volume da produ√ß√£o da divulga√ß√£o cient√≠fica do pa√≠s. Mas o sonho persistia.
O Blogagem Inédita, uma iniciativa do Sr. Edney (boa tarde!),  deu o empurrãozinho que faltava para o sonho começar a se concretizar. Nas palavras dele, o Blogagem Inédita:

√Č uma blogagem coletiva ou blog carnival, com o objetivo de trazer mais lucidez √† blogosfera, ressaltando o valor que h√° na profundidade com que o bom jornalismo trata a informa√ß√£o e divulgando blogueiros de diferentes forma√ß√Ķes que tem aproveitado a liberdade da ferramenta para trazer conte√ļdo in√©dito para a rede.

E junto da Blogagem In√©dita vinha um brinde: participar de um evento no Gafanhoto para discutir novas iniciativas e incentivos √† produ√ß√£o de conte√ļdo in√©dito na blogosfera.
O evento acendeu um pavio na minha cabeça que culminou na seguinte ideia: e se criássemos um ScienceBlogs brasileiro PARA amadurecer a nossa blogosfera científica ao invés de esperá-la amadurecer para então fazer o  nosso ScienceBlogs? E foi esta proposta que levamos pro Gafanhoto. Proposta essa, que teve uma recepção mais do que calorosa (2).
Desde então passaram-se cerca de quatro meses. Muita coisa rolou até chegarmos aqui. E não chegaríamos sem a ajuda de muita gente, do nosso versátil programador Ricardo Zylbergeld, da excelente designer Neca e dos muitos conselhos de gente grande como Jonny Ken, Edney, Inagaki e Lucia Malla.
Com vocês, o Lablogatórios!

Categorias