Edições Anteriores – Depressão e suicídio

robin_edi_ant

Na última terça-feira, 11, o ator norte-americano Robin Williams foi encontrado morto em sua casa, com suspeitas de suicídio. O ator, que tinha 63 anos, foi o ganhador do Oscar de Melhor Performance de Ator-Coadjuvante, pelo papel no filme Gênio Indomável, de 1997.

Apesar do sucesso e reconhecimento na carreira, Robin Williams teve uma turbulenta vida pessoal, lutando contra problemas de saúde, alcoolismo e depressão.

Cerca de um mês antes, no dia 30 de julho passado, o humorista brasileiro Fausto Fanti, de 35 anos, foi encontrado morto em sua casa. A autópsia de Fanti, que também sofria de depressão, indicaram o suicídio como a causa da morte.

O humorista ficou conhecido pela participação no programa humorístico Hermes e Renato, veiculado originalmente pela MTV Brasil, entre 1999 e 2009.

Sobre essa doença, que até 2013 acometeu 17 milhões de brasileiros, segundo dados do Ministério da Saúde, leia o artigo da Revista de Psiquiatria Clínica da Universidade de São Paulo (vol. 32, n.3, 2005) que aborda a relação entre a depressão e outras doenças clínicas.

Artigo: Depressão e comorbidades clínicas
Autores: Chei Tung Teng, Eduardo de Castro Humes e Frederido Navas Demetrio
Revista: Revista de Psiquiatria Clínica (USP)