Minhas impressões: “10 Filmes para gostar (ainda mais) de Biologia”

Há algumas semanas fui procurado pelo Marcelo Gaudio que me apresentou uma produção independente que ele e Leandro Pio escreveram em conjunto. Trata-se do livro “10 Filmes para gostar (ainda mais) de Biologia“, que está disponível em formato e-book na Amazon.

Marcelo é historiador e doutor em história da arte; Leandro é biólogo e está cursando seu doutorado em genética e biologia molecular. Neste livro, os autores buscam “apresentar aos leitores a relação do cinema e elementos da biologia, com linguagem bastante acessível”. Gostei muito da proposta dos autores e agora é minha vez de apresentar as minhas impressões sobre a obra.

Acho muito legal esse tipo de material que pode auxiliar professores do ensino básico e pessoas interessadas no assunto a terem uma espécie de guia de assuntos que são abordados em um determinado filme. Esse livro funciona assim… os autores puxam, a partir dos filmes, temas diversos e tecem comentários e ligações entre esses temas, bem como, entre os temas e o filme. São capítulos quase totalmente independentes, muitos referenciam a outros já que alguns temas convergem, mas apenas um faz uma ligação mais intrincada com um capítulo anterior. Isso é ótimo, pois possibilita a leitura de um capítulo específico caso você tenha um interesse maior num determinado assunto/filme.

Os capítulos dos livros são ensaios que seguem uma estrutura mais ou menos parecida. Primeiro apresenta-se  o filme e o contexto no qual foi lançado, com curiosidades e até mesmo alguns casos engraçados (como o caos que se instaurou quando uma rádio fez uma leitura do livro “A guerra dos mundos”, de H.G. Wells, e as pessoas acharam que o planeta Terra estava realmente sendo invadido por extraterrestres!). Então o tema escolhido é abordado – na verdade, “os temas”! E são muitos, das mais diversas áreas da biologia: fisiologia, taxonomia e classificação, paleontologia, ecologia e zoologia estão entre as áreas abordadas!

Não é uma abordagem muito profunda em todos os temas, vê-se pelo volume de páginas do livro – porém engana-se quem ache que tudo também é tratado superficialmente. Os autores fornecem uma base inicial para um leitor que queira aprofundar-se mais no assunto – e as dicas de bibliografias complementares são bem bacanas! Ou seja: de forma sucinta Leandro e Marcelo atuam como guias e nos dão dicas e apontam o caminho para que possamos seguir sozinhos se quisermos enfrentar caminhos mais densos – e, para um professor, o livro pode servir como um guia até mesmo para direcionar a discussão.

Dentre os filmes citados no livro, o mais recente é “Jurassic Park” (de 1993) – que, por sinal, foi o único que também assisti, ainda que tenha ouvido falar de quase todos os demais. Também estão na lista filmes como “Os pássaros” (1963), “Tubarão” (1975), e “Alien – o oitavo passageiro” (1979). Para alguns temos remakes, mais atuais, como acontece com os filmes “King Kong” (1933) e “A guerra dos mundos” (1953).

Fiquei muito curioso por ver um segundo volume desse livro, mas dessa vez com filmes mais atuais, ou mesmo séries e animações! Acho que os autores conseguiriam um público mais amplo e mais apelo para orientar discussões em escolas!

Aproveite e nos siga em nossas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook! Ah! E se for fazer comprinhas na Amazon, use nosso link!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *