Viver em sociedade no “novo normal” – os desafios da divulgação científica no Brasil

17 de dezembro de 2020 1

Por Giselle Soares e Callenciane Ferreira O que é o “novo normal”? O conceito de normalidade é elástico, abrangente e depende de um determinado período histórico. Pensar sobre normalidade envolve considerar sobre qual contexto estamos falando seus parâmetros e critérios para medir algo. Nesse sentido, a pandemia de Covid-19 trouxe muitas mudanças ao convívio em sociedade: a adaptação ao sistema de home office, as restrições de circulação, o uso de máscaras faciais, entre outras adequações, que se tornaram conhecidas como o “novo normal”. Esse termo também vem sendo usado para Postagem Completa

Como divulgar informações de prevenção do Covid-19 se a língua de seu país não é a sua?

24 de novembro de 2020 0

Partindo do ideal de que a divulgação científica, ainda mais neste momento da pandemia do Covid-19, deve chegar a TODOS, responda com sinceridade, divulgador científico: Seu material foi pensado para TODOS os brasileiros? Pensando nessa questão, a Profa. Dra. Taciana de Carvalho Coutinho da UFAM – Universidade Federal do Amazonas, em Benjamin Constant no Norte do país, se propôs a desenvolver junto de seus alunos, materiais de divulgação científica sobre a Covid-19 para as comunidades indígenas da região. “Todos os meus alunos de iniciação científica são indígenas… A universidade possui mais de 50% Postagem Completa

Obrigatoriedade da Vacina: discurso contrário vem do século XIX

23 de outubro de 2020 0

“Não será obrigatória esta vacina e ponto final”, afirmou o Presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido) a seus apoiadores políticos, no último dia 19 de outubro. Recente no discurso presidencial, mas presente no Brasil desde o início do século XX e no Reino Unido (nascedouro dos movimentos antivacina) desde meados do século XIX. O questionamento sobre a obrigatoriedade da vacina evidencia um argumento recorrente no discurso antivacinacionista: o de que o Estado não tem o direito de interferir na saúde individual do cidadão. Um pouco sobre a História da Postagem Completa

Como a Economia Social e Solidária pode ser a solução para esses novos tempos pós pandemia!

19 de junho de 2020 0

Com mais de 8 milhões de casos confirmados de Covid-19 no planeta [1], passar por essa pandemia acelerou discussões que não giram em torno apenas da saúde e a busca pela cura do vírus, mas promoveu também discussões que, até então, circulavam apenas em bolhas sociais [2].  A pandemia deixou claro os problemas da falta de investimento nos sistemas de saúde e ciência, além da avalanche de informações duvidosas recebidas diariamente (a chamada infodemia). A pandemia também evidenciou as deficiências sociais e econômicas vigente que insiste em seguir o raciocínio Postagem Completa

Os 7 tipos de Fake News sobre a Covid-19

21 de maio de 2020 0

Autoria de Cesar Augusto Gomes Conforme escrevi neste Especial Covid-19, há dois meses, a pandemia trouxe consigo a necessidade de estancar a disseminação de falsas informações a respeito dessa terrível doença. Neste sentido, o presente texto pretende analisar e classificar os tipos de desinformação que circulam relacionados à Covid-19 e indicar um roteiro de perguntas básicas que você deve fazer antes de acreditar e / ou compartilhar informações que vale tanto para o Coronavírus quanto para as demais fake news sobre saúde, que circulam desde sempre. Para esta análise e Postagem Completa

Porque acreditar num remédio para a COVID-19 pode não ser uma boa saída

19 de março de 2020 0

No dia 19/03/2020 começaram a surgir notícias em diversos veículos de comunicação sugerindo a descoberta de um remédio para a cura da COVID-19. A droga hidroxicloroquina – usada para tratar malária – seria eficiente, também, para o tratamento de pessoas infectadas com o novo coronavírus. Essa informação foi anunciada pelo presidente Trump (EUA) em coletiva de imprensa, nesta quinta-feira (19/03), e se baseia num artigo de pesquisadores chineses publicado ontem (18/03) na Revista Cell Discovery. Apesar destas fontes serem confiáveis – ou seja, de não se tratar de uma “fake Postagem Completa