Principais impactos associados a barragens brasileiras de grandes empreendimentos

Principais impactos associados a barragens brasileiras de grandes empreendimentos

Ana Laura Silva Gomes (IG/Unicamp), Matheus William Henrique de Medeiros (FT/Unicamp),
Giulia Mendes Gambassi (IEL/Unicamp) e Claudia Pfeiffer (Labeurb/Unicamp)

Nos posts publicados anteriormente buscamos introduzir algumas questões sobre as barragens, considerando nossas frentes de trabalho no CRIAB. Primeiro, voltamo-nos ao que são as barragens, depois falamos sobre onde estão as barragens brasileiras e apresentamos nossa escolha de nomear os rompimentos de barragens enquanto desastre-crime.

Os impactos associados à construção de uma barragem podem causar mudanças drásticas não apenas em casos extremos de desastres-crime, mas também afetando o território desde a implantação de seu projeto. A instalação de barragens altera as práticas das pessoas e de seu entorno, os animais e a vegetação da região, modificando a paisagem do local, a cadeia alimentar ali presente, enfim, transformando toda a biodiversidade da região. Esses impactos estão ligados aos diversos tipos de barragens sobre os quais falaremos na nossa próxima série de posts. 

Nas próximas publicações, então, abordaremos os impactos relativos às barragens de usinas hidrelétricas e de rejeitos de mineração, tomadas enquanto construções complexas vinculadas a grandes empreendimentos. Não perca!

Siga nossas redes sociais e acompanhe o blog!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Skip to content