EXILIA – TROCANDO SEGREDOS EM RELATOS DE CRIAÇÃO

Exília é uma criação cênica minha (atuação, direção, dramaturgia e textos) com a colaboração de Ana Luísa Santos (textos e provocações performativas) e Lucas Morais (criação, atuação e instalação sonora). Esse artigo ensaia meu olhar sobre o processo de criação, pensando meu corpo como imaginação.  Durante a pesquisa, que teve início em 2016 ainda como um desejo amorfo, venho colecionando materiais criativos e elaborando um caderno de anotações como dispositivo de observação da minha prática-vida-pesquisa, expondo pensamentos, treinamentos e metodologia na criação.

Sul em Contato – Um Festival de Contato Improvisação em Porto Alegre

Por Fernanda Hübner de Carvalho Leite Mestranda no Programa de Pós-Graduação em Artes Cênicas da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (PPGAC/UFRGS). Especialista em Pedagogias do Corpo e da Saúde (lato sensu) (2004) e Licenciada em Ciências Biológicas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (1997). Bailarina, atriz, professora e produtora,  dedica-se desde {{…}}

Ondulações de Steve Paxton

Ondulações de Steve Paxton Por ele mesmo, trecho da narrativa em Material for the spine, a movement study (Paxton, 2008) Tradução de Marília Carneiro (2014)   Ondulações da coluna colocam o foco nas extremidades da coluna, porque são elas que iniciam o movimento. Quando o topo da cabeça está liderando, a onda da ondulação se {{…}}

Poucas coisas são tão bonitas quanto os duetos de Contact Improvisation

  Contexto da escrita – depois do dia de trabalho, imediatamente após a Jam de abertura. As danças de Contact têm uma performatividade própria (entrevista com Ana Alonso, 2016). A Jam como um ambiente para a experiência cinestésia.A textura do espaço cooking (Alessi, 2011) pelas improvisações. Pela manhã nos apresentamos em círculo. Somos quase 40. {{…}}