Através do peso e da leveza intersubjetiva dos corpos, Contato Improvisação celebra 50 anos de existência

Com base na escuta e no jogo de resistência entre os corpos, a prática cruza linguagens artísticas, promove reflexões sociais e aprofunda o entendimento sobre a consciência por trás do movimento  por Kátia Appolinário “Será atroz o peso e bela a leveza?” Essa reflexão é proposta por Milan Kundera logo nas primeiras páginas do clássico {{…}}

EXILIA – TROCANDO SEGREDOS EM RELATOS DE CRIAÇÃO

Exília é uma criação cênica minha (atuação, direção, dramaturgia e textos) com a colaboração de Ana Luísa Santos (textos e provocações performativas) e Lucas Morais (criação, atuação e instalação sonora). Esse artigo ensaia meu olhar sobre o processo de criação, pensando meu corpo como imaginação.  Durante a pesquisa, que teve início em 2016 ainda como um desejo amorfo, venho colecionando materiais criativos e elaborando um caderno de anotações como dispositivo de observação da minha prática-vida-pesquisa, expondo pensamentos, treinamentos e metodologia na criação.

Um pólo de Contato Improvisação em Campinas – ano 2012 – n.2

A extensão universitária como casa A parceria com o Espaço Cultural Casa do Lago/PREAC/UNICAMP estava firmada e iniciamos o primeiro semestre com uma oficina de Improvisação de Dança, compartilhada com muita autonomia e colaboração, entre mim e Raquel Minako. Raquel queria se tornar uma professora de Contato Improvisação. Cursava pedagogia na Faculdade de Educação e {{…}}