Tragédia da talidomida – Divisor de águas na regulamentação de medicamento

A talidomida é um composto do tipo isoindole piperidinil [1], originalmente introduzido como um fármaco hipnótico. Esse medicamento também era usada para aliviar náuseas em mulheres grávidas  [2]. Historicamente, esse fármaco foi um potente sedativo da era pós-guerra. Numa época em que a insônia prevalecia, a talidomida era comercializada para um mundo Leia mais…

Ensino, difusão do Conhecimento e Assédio moral na universidade

Oi, Pessoal! Embora, a minha temática no blog Quimikinha seja química, peço licença pra convidá-los a conversar sobre as temáticas Ensino, difusão do Conhecimento e Assédio moral na universidade no 3° Workshop organizado pela Associação de Pós-Graduandos em Química (APGQ), entidade de representação e coordenação do corpo discente de pós-graduação do Curso de Química, Leia mais…

Acetilcolina: como a química melhora a memória e aprendizagem?

Nessa primeira série de postagem vamos falar sobre o composto neuromodulador acetilcolina (ACh) presente no plasma sanguíneo. Estruturalmente, é um composto orgânico de baixa massa molar com função éster e um íon cátion de amônio quaternário. A ACh é um neurotransmissor que atua, auxiliando a comunicação entre os neurônios na formação Leia mais…