Divertida MENTE, COC√Ēlorido e camisinhas brochantes

Neste epis√≥dio: Divertida MENTE, COC√Ēlorido e camisinhas brochantes.

Coc√ī e camisinha que se colorem quando detectam alguma doen√ßa. Bacana n√©? Ah, mas sei l√°, s√≥ sei que existe.

[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=VoflVBNu4U0″]

 

Se n√£o acredita no que dissemos, √ďTIMO! Voc√™ aprendeu algo. Mas para provar, seguem as refer√™ncias:

Deixe seu filho ficar triste
http://vida-estilo.estadao.com.br/blo…

Conheça os vencedores desta edição do Prêmio Jovem Cientista
http://www.cnpq.br/web/guest/noticias…
/journal_content/56_INSTANCE_a6MO/10157/­2596513

Raymond Wang, Nicole Ticea Win Top Intel Science Fair Awards
http://www.huffingtonpost.ca/2015/05/…

Coc√ī colorido
http://www.echromi.com

http://mulher.uol.com.br/comportament…

Estudantes criam camisinha que muda de cor ao detectar doença sexualmente transmissível
http://oglobo.globo.com/sociedade/sau…

Pílula de glitter
https://br.noticias.yahoo.com/blogs/v…

Guerra de esperma humano

Imagem: Young man is sitting in bed and watching pornography on laptop. LoloStock/Shutterstock
Imagem: Young man is sitting in bed and watching pornography on laptop. LoloStock/Shutterstock

Calma, isso n√£o √© um filme porn√ī, mas sim algo comum em diversas esp√©cies, que √© a batalha pela fecunda√ß√£o.
Cada um tem uma estratégia: aranhas perdem o pênis na fêmea fazendo um tampão para outro macho, vermes ejaculam em maior volume quando tem um macho competidor por perto, e por aí vai.
Em humanos é difícil de estudar isso, e você deve imaginar porque, certo?

Mas os cientistas deram um jeito: Dar um potinho para os rapazes e apresentar um v√≠deo porn√ī por 6 vezes (dias diferentes, claro), sempre com a mesma atriz. Mesmos atores em cenas diferentes. A s√©tima vez √© que era com uma nova atriz (n√£o virava um m√©nage, s√≥ trocavam a atriz).

Desta vez, com a mulher diferente, os espermatozóides são melhores e em maior quantidade que das vezes anteriores!
Poder ser uma estratégia para aproveitar a chance de engravidar uma mulher diferente da que você está acostumado? Difícil provar essas estratégias evolucionárias, mas é bacana ver que os humanos não estão fora da guerra de esperma.

S√≥ tome cuidado ao¬†usar este argumento quando voc√™ for pego pela oficial pulando a cerca. Apelar para o “dar uma variada √© natural” √© uma fal√°cia naturalista e n√£o tem nada a ver com o contrato que voc√™ fez com a sua dign√≠ssima. Variar pode ser bom pra todos, mas de comum acordo.

PS1: o trabalho não fala quais foram as atrizes envolvidas. Uma falha na descrição da metodologia, a meu ver.

PS2: desculpe ficar repetindo “guerra de esperma”. Sei que a imagina√ß√£o nos trai nessa hora.

 

Fonte:
Men – Here’s How A New Woman Alters Your Ejaculations

Artigo:
Joseph, P., Sharma, R., Agarwal, A., & Sirot, L. (2015). Men Ejaculate Larger Volumes of Semen, More Motile Sperm, and More Quickly when Exposed to Images of Novel Women Evolutionary Psychological Science DOI: 10.1007/s40806-015-0022-8
Dica de livro:
Guerra de esperma

Post no Scienceblogs:
O carnaval do s√©culo XVIII ‚Äď parte 1

Pai come filho para engravidar de outra. Chama o Datena!

[Datena mode on] Isso √© um absurdo! Cad√™ as autoridades? O cara engravida e mata as crias pra engravidar da outra?! E ainda por cima COMEU os filhotes pra sustentar a nova ninhada! Isso n√£o √© um ser humano! P√ēE NA TELA! [Datena mode off]
datena.jpg
ResearchBlogging.orgFam√≠lias ‘normais’ j√° s√£o problem√°ticas e dif√≠ceis de entender. Acontece de tudo (para ter uma leve no√ß√£o √© s√≥ assistir os notici√°rios policiais-sanguinolentos do Datena onde a m√£e corta o p√™nis do pai por ter espancado o filho, estuprado a filha, chutado o cachorro e fugido com a irm√£ do cunhado do primo-irm√£o).
Agora imaginem a confus√£o quando o pai √© a m√£e, e a m√£e √© o pai, e quem engravida √© o pai e a m√£e √© que tem que escolher o pai… Nossa, complexo.
Ainda bem que isso de papai gr√°vido s√≥ acontece muito raramente e n√£o em gente, mas em peixes (esque√ßam aquele filme J√ļnior do Arnold Schwarzenegger em que ele fica gr√°vido. At√© hoje sou traumatizado com a cena que aparece o beb√™ com a cara do ‘Governator’, blargh).
Nesses peixinhos descobriram que as rela√ß√Ķes familiares s√£o problem√°ticas. P√ēE NA TELA!
Qual seria a vantagem do pai de incubar os filhotes? Sim, porque geralmente (muitos exemplos em todo mundo animal) o homem n√£o quer muito compromisso, afinal ele pode engravidar v√°rias mulheres gastando muitas vezes s√≥ um xaveco barato, e √© a mulher que tem que arcar com todo o gasto do √≥vulo, enj√īos da gravidez, etc. Por isso elas costumam ser mais seletivas, e acabam sendo elas que realmente escolhem o parceiro mais interessante (√≠cone disso √© a Luciana Gimenez).
Mas o que acontece quando o macho é quem tem um gasto maior ficando grávido? Primeiro que é ele quem escolhe a fêmea, e pros peixes do estudo tamanho é documento, e eles preferem as fêmeas maiores. Outra coisa é que isso divide a responsabilidade.
Que fofo, então a mamãe entra com um óvulo cheio de nutrientes e os machos cuidam deles até a eclosão, dividindo assim as despesas.
Seria fofo se não fosse a dura realidade: os pais acabam tomando o poder da relação e eles passam a controlar quais crias vão ou não vão vingar. Se cruzar com uma fêmea grande, ele investe na cria e ela vai bem. Se a fêmea não é assim uma Angelina Jolie, ele investe menos ou até mesmo come (ou melhor, absorve) os óvulos pra gastar essa energia com uma fêmea melhor. Chama o Datena!!!!
Assim, o que parece um ato de caridade e igualdade entre machos e fêmeas é na verdade um conflito sexual viceral.
Mas no fim isso é bom para a espécie, que acaba selecionando e investindo numa característica que é importante para ela.
Paczolt, K., & Jones, A. (2010). Post-copulatory sexual selection and sexual conflict in the evolution of male pregnancy Nature, 464 (7287), 401-404 DOI: 10.1038/nature08861

Como conseguir mais sexo e deixar as mulheres aos seus pés? Arrumando uma namorada!

flirting1.jpgVoc√™, garot√£o, quer ficar irresist√≠vel pr√° mulheres, e n√£o tem l√° muitos escr√ļpulos?
Que tal ficar mais atraente pr√° mulherada arrumando uma… namorada?!

H√° muitos anos pesquisadores discutem quem √© mais propenso a desobedecer o nono ou d√©cimo mandamento (dependendo da religi√£o que voc√™ considerar), que diz: “n√£o cobi√ßar√°s a mulher do pr√≥ximo”, tamb√©m conhecido nos botecos do Brasil como “comportamento fura-z√≥io”.
Claro, nesse caso, pode ser “mulher” ou “homem”, como veremos a seguir.
ResearchBlogging.orgAlgumas pesquisas indicaram que os homens possuem uma tend√™ncia maior a perseguirem a parceira alheia, mas havia uma d√ļvida: essa tend√™ncia √© realmente mais forte nos homens, ou eles simplesmente eram mais propensos a ADMITIR que iam mesmo atr√°s de gente comprometida? Agora h√° resultados experimentais de que mulheres solteiras t√™m uma atra√ß√£o particular pelos parceiros alheios, de acordo com esse estudo publicado no Journal of Experimental Social Psychology.
0_21_flirting_450.jpgBaseando-se na cl√°ssica queixa feminina “os melhores homens j√° t√™m dona”, as psic√≥logas Melissa Burkley e Jessica Parker, da Universidade do Estado do Oklahoma, questionaram se essa afirma√ß√£o n√£o seria resultante de os homens comprometidos serem percebidos como “melhores” pelas mulheres. Para investigar esse fato, as pesquisadoras questionaram 184 universit√°rios (entre homens e mulheres), sendo que alguns eram solteiros, outros n√£o, sobre seu par rom√Ęntico ideal.
Em seguida, foi dito a cada um dos entrevistados que seu perfil havia encontrado um par de pensamento semelhante num programa de computador. Logo em seguida, os pesquisadores mostraram uma foto desse tal pretendente, um membro do sexo oposto bastante atraente. Todos os participantes homens viram a foto da mesma mulher, e o mesmo aconteceu com a foto dada para as mulheres.
Aí começa o experimento: metade do grupo de homens e do grupo de mulheres foi informada que a pessoa da foto era comprometida, sendo que os participantes restantes foram informados que as pessoas das fotos eram solteiras. As pesquisadoras então perguntaram qual era o grau de interesse dos entrevistados nas pessoas que o computador havia indicado, e estavam nas fotos.
Para os homens que participaram do experimento, e para as mulheres que já estavam comprometidas, não houve diferença significativa na atração pelo(a) pretendente sugerido pelo computador.
No caso dos homens, n√£o houve distin√ß√£o ALGUMA em rela√ß√£o √† mulher da foto ser comprometida ou n√£o, o interesse demonstrado foi o mesmo. Bom, isso n√£o √© novidade, n√≥s homens temos poucos crit√©rios, e todos sabem disso. Tamb√©m acho que toda mulher j√° ouviu um “mas eu n√£o sou ciumento” quando diz ser comprometida (convenhamos, um dos maiores xavecos-furados de todos os tempos n√©?), estou certo?
No entanto, as mulheres solteiras demonstraram uma preferência bem maior para ir atrás do companheiro alheio, em relação aos homens, e às mulheres comprometidas. Nas mulheres que foram informadas que o homem da foto era solteiro, ele despertou interesse de 59% das entrevistadas. Já, quando disseram que o homem já estava comprometido, pasmem: 90% (sim, NOVENTA) demonstraram interesse.
3-Flirt-061_384_426771a.jpg

“Alian√ßa bonita… posso te pagar um drink?”


Segundo as autoras, esse maior interesse pode vir do fato de um homem comprometido ter demonstrado sua habilidade em assumir compromissos. Uma das explica√ß√Ķes dadas por elas (e a que eu achei mais divertida, ali√°s) √© que as qualidades desse homem comprometido j√° tenham passado por uma pr√©-sele√ß√£o, que foi feita pela outra mulher (as garotas que participaram dessa pesquisa n√£o s√£o umas gracinhas?). Ali√°s, esse estudo foi bom para que as namoradas se cuidem (e, claro, cuidem dos seus respectivos), pois a concorr√™ncia pode vir sem d√≥ nem piedade!
Depois desses resultados e das justificativas dadas pelas entrevistadas, lembrei na hora da minha m√£e e de uma coisa que ela me ensinou, quando eu era adolescente: “√°gua morro abaixo, fogo morro acima, e mulher quando quer dar, ningu√©m segura!” (j√° at√© imagino a cruz bonita que v√£o fazer pr√° mim, depois dessa)
Minha experi√™ncia de vida j√° me dizia que esse lance de mulher vir com tudo em cima de homem comprometido era verdade (por hist√≥rias minhas, e de v√°rios amigos meus). Assim como as mulheres t√™m a m√°xima “todos os homens decentes j√° t√™m dona”, n√≥s homens temos “o melhor jeito pr√° se fazer chover mulher, √© arrumar uma namorada”.
E voc√™s, o que acham? D√™em suas opini√Ķes, e que a guerra dos sexos comece!!!
Paraquedistas1.jpg* Este texto faz parte da Blogagem Coletiva Caça-paraquedista (conheça mais sobre essa iniciativa aqui). Se você entrou aqui pelo Google, seja bem-vindo e aproveite para conhecer um pouco mais sobre o blog e ciência!
Para receber nosso conte√ļdo em primeira m√£o, siga-me no twitter @Gabriel_RNAm e clique aqui para assinar nosso Feed/RSS!
Parker, J., & Burkley, M. (2009). Who’s chasing whom? The impact of gender and relationship status on mate poaching Journal of Experimental Social Psychology, 45 (4), 1016-1019 DOI: 10.1016/j.jesp.2009.04.022
Imagens: Getty Images; Ellen Stagg Photography

Evitando Balas de Festim – Dicas para ser um bom reprodutor.

ResearchBlogging.orgÀ medida que vocês forem me conhecendo melhor, vai ficar evidente que eu falo muito de sexo, e, claro, isso refletirá um pouco no que eu escrevo aqui (quando tiver relação com ciência, ora, não sou nenhum tarado!).

Assim, para o post de hoje, preparei uma rapidinha sobre fertilidade masculina (t√°, eu sei que o trocadilho foi horr√≠vel…)!

man_w_kids.jpg

Papai orgulhoso da produ√ß√£o… tamb√©m n√©, s√≥ tiro certeiro!


Garanh√Ķes de plant√£o e, claro, curiosos e curiosas, confiram o texto!

Continue lendo “Evitando Balas de Festim – Dicas para ser um bom reprodutor.”

O preço a se pagar pela preferência feminina

ResearchBlogging.orgUma publica√ß√£o recente do Evolution and Human Behavior anunciada na New Scientist chamou minha aten√ß√£o: o aparente sucesso dos homens “sarados” com as mulheres pode n√£o ser t√£o vantajoso – ao menos em termos evolutivos – como se acreditaria.

bodybuilder-couple-main_Full.jpg

A pesquisa realizada pela Universidade de Pittsburgh analisou dados de 5000 homens entre 18 e 49 anos coletados no per√≠odo entre 1988 e 1994, e chegou a conclus√Ķes bastante interessantes. Resultados de trabalhos anteriores haviam demonstrado que as mulheres preferem homens mais fortes – que tendem a ter mais parceiras e iniciarem a vida sexual mais cedo que homens esguios – quando outros par√Ęmetros s√£o equalizados (n√£o vou falar de dinheiro sen√£o v√£o me xingar… ops, j√° falei).

Tamb√©m j√° havia sugest√Ķes na literatura do eventual custo de se “manter o corpinho”, uma vez que √© sabido que a testosterona – o horm√īnio que promove o crescimento muscular – √© um potente supressor do sistema imunol√≥gico, ou seja, o aumento de musculatura pode vir √†s custas de uma menor resist√™ncia a eventuais doen√ßas. Essa diminui√ß√£o da capacidade imunol√≥gica foi observada em menor produ√ß√£o de leuc√≥citos (as c√©lulas brancas do sangue respons√°veis por combaterem infec√ß√Ķes) e de uma mol√©cula produzida no f√≠gado chamada prote√≠na C-reativa, presente no sangue em momentos de inflama√ß√£o aguda, quando ajuda a destruir pat√≥genos.

Ainda, quanto maior a quantidade de m√ļsculos mais calorias precisamos ingerir para manter tudo funcionando normalmente. Isso pode parecer pouco importante nos dias atuais, em que temos oferta alimentar mais do que abundante, mas nossos ancestrais enfrentavam um cen√°rio bem diferente.

bodybuilder_smallest1.jpgAssim, apesar dos “benef√≠cios sexuais” observados, os problemas derivados desse alto consumo de energia podem compensar um ao outro, o que explicaria porque, em termos pr√°ticos, homens esguios s√£o igualmente bem-sucedidos!

E aí, aquela vontade de ir prá academia se preparar pro mulherio passou? Com certeza é bom definir os motivos que te levam à malhação e repensar o prêmio por horas puxando ferro!

Sem falar que, enquanto você malha, corre o risco de a sua namorada estar sendo xavecada por um magrinho, hehehehe!!!

Lassek, W., & Gaulin, S. (2009). Costs and benefits of fat-free muscle mass in men: relationship to mating success, dietary requirements, and native immunity Evolution and Human Behavior DOI: 10.1016/j.evolhumbehav.2009.04.002

√Č dos nerds que elas gostam mais! S√£o mais f√©rteis e vivem mais.

“De acordo com a revista científica New Scientist, nerds possuem espermatozóides mais saudáveis que os de outros homens. Por isso, seriam mais férteis e gerariam descendência inteligente.
Para realizar o estudo, diversos homens tiveram de passar por uma bateria de testes que medem o n√≠vel de intelig√™ncia. Depois disso, foi atestado que aqueles que pontuaram mais no teste apresentaram espermatoz√≥ides mais saud√°veis e em maior quantidade, enquanto que os menos espertos, que tiveram menor pontua√ß√£o, produziram quantidade tamb√©m menor de gametas, al√©m de haver maior ocorr√™ncia de indiv√≠duos doentes e fracos nesse √ļltimo caso‚ÄĚ.

Notícia no Yahoo

Pena que há uma contrapartida. Outras pesquisas relatam que homens mais inteligentes sofrem mais de ejaculação precoce. E faz todo sentido. Afinal como que pode ter tanto nerd por aí se eles têm uma dificuldade intrínseca em se relacionar com o sexo oposto?
Duas explica√ß√Ķes poss√≠veis: primeiro que a pesquisa analisa intelig√™ncia e n√£o nerdismo, que podem ser coisas diferentes; e segundo, j√° que s√£o t√£o f√©rteis, quando eles finalmente ficam com uma mulher, a combina√ß√£o ‚Äúmaior fertilidade + ejacula√ß√£o precoce‚ÄĚ garante o sucesso reprodutivo do nerd. √Č o famoso tiro certeiro.
Mas que ligação é essa entre inteligência e espermatozóides saudáveis?
J√° vemos que na verdade n√£o h√° um √≠ndice de ‚Äúnerdismo‚ÄĚ. A pesquisa aplicou testes de QI, n√£o de conhecimentos em Star Wars. Ent√£o parece que h√° uma rela√ß√£o entre Qi alto e maior fertilidade em homens.
Provavelmente a inteligência do homem trás vantagens para as mulheres. Afinal várias pesquisas mostram que mulheres preferem homens inteligentes tanto para casar quanto para uma noite e nada mais. Um marido inteligente para criar os filhos parece uma vantagem óbvia, mas pra que escolher homens inteligentes para relacionamentos de apenas uma noite?
Talvez pelo mesmo motivo que outras f√™meas escolhem machos com rabos maiores, maiores jubas ou melhores can√ß√Ķes: estes podem ser ind√≠cios de melhores genes.
Intelig√™ncia, beleza, can√ß√Ķes e bons genes

Dizer que homens e mulheres preferem pessoas bonitas n√£o √© dizer nenhuma novidade. A novidade √© que beleza p√Ķe mesa sim. Homens mais sim√©tricos, considerados mais bonitos, t√™m espermatoz√≥ides mais saud√°veis. Assim, a beleza √© um indicador das condi√ß√Ķes da sa√ļde de um macho humano.
Quanto à inteligência, recentemente um comentário na Nature confirma que pessoas mais inteligentes (bem sucedidas nos testes de QI) vivem mais tempo. Aqui vão algumas hipóteses levantadas ao tentar responder por que QI alto leva a uma vida maior:
Рmaior inteligência ligada a melhor educação e melhores empregos, levando a pessoa a viver em ambientes mais saudáveis;
Рpessoas mais inteligentes teriam comportamentos mais saudáveis, como alimentação e exercícios físicos;
– eventos prematuros na vida das pessoas, desde a vida intrauterina, podem ter rela√ß√£o com o desenvolvimento intelectual e tamb√©m com a sa√ļde futura;
Рum QI alto pode ser um indicador de que o corpo como um todo está funcionando bem. Respostas ao ambiente podem depender de características como reflexos rápidos, exigindo tanto um processo mental como uma resposta física.
Claro que esta √°rea de pesquisa chamada Epidemiologia Cognitiva ainda est√° se desenvolvendo e n√£o tem dados suficientes ainda para dizer qual o peso de cada uma destas causas para ligar intelig√™ncia e vida longa. Mas parece ficar claro que intelig√™ncia √© sim vantajosa. E do mesmo jeito que mulheres podem selecionar sa√ļde e vantagens em seus pretendentes pela beleza, a intelig√™ncia parece um fator importante nessa sele√ß√£o.
Portanto meninos estudem! E se não forem inteligentes, enganem bem bancando o gênio citando as infos que você lê aqui no RNAm. Porque malandragem também é uma estratégia nessa guerra da seleção sexual.
Link de interesse: Do intelligent men have better sperm?

Genes que d√£o c√Ęncer, porque selecion√°-los? Porque s√£o sexy!

Existem alguns genes que sempre estão superexpressos em tumores. São os chamados oncogenes. Mas se estes genes têm esse papel negativo na sobrevivência, porque não foram eliminados pela seleção natural?
Algumas respostas j√° existiam:
1- Muitos destes genes são importantes e estão relacionados com o desenvolvimento embrionário, que é quando as células têm que se dividir muito e rápido. Depois que o organismo já está maduro esses genes se aquietam. Mas por algum problema podem voltar a funcionar e fazer as células se dividirem descontroladamente, facilitando o aparecimento de um tumor.
2- A sele√ß√£o natural atua enquanto o organismo est√° em sua fase f√©rtil, pois a moeda da sele√ß√£o natural √© o n√ļmero de filhos que o organismo deixa. A maioria dos tumores no Homo sapiens, por exemplo, aparecem depois da idade reprodutiva. Por isso¬†esses¬† genes foram selecionados em √©pocas passadas, quando o homem em m√©dia vivia apenas 20 anos (no Ambiente Ancestral, que o pov√£o chama de “tempo das cavernas”). ¬†Ou seja, n√£o tinham nem tempo de ter c√Ęncer, morriam antes de uma “doen√ßa” chamada tigre dentes-de-sabre.
Essa mancha na sua cauda é tão sexy

E aqui vai o motivo mais besta para manter um gene numa população: porque ele é sexy!
Sim, saiu na revista PNAS que um gene que aumenta a incid√™ncia de c√Ęncer nos peixes Xiphophorus cortezi¬†tamb√©m gera uma mancha na cauda dos machos. E as f√™meas adoram essa marquinha. 2 entre 3 f√™meas pelo menos preferem. Assim os machos com esse gene t√™m vantagem e reproduzem mais, mesmo morrendo de c√Ęncer depois.
Seria a explicação de porque a calvice existe. Isso se for verdade que é dos carecas que elas gostam mais.

Proporção entre machos e fêmeas importa sim! Pergunte a um solteiro.


Deu no G1: Proporção entre machos e fêmeas influi mais em extinção do que ambiente

Os autores do estudo conclu√≠ram que os modelos cient√≠ficos atualmente utilizados para prever a extin√ß√£o das esp√©cies s√£o imperfeitos, pois n√£o d√£o import√Ęncia suficiente ao fator propor√ß√£o entre machos e f√™meas.

Isso parece que funciona tamb√©m em padr√Ķes de migra√ß√£o humana. Afinal, a maioria dos solteiros que eu conhe√ßo, a primeira pergunta que fazem quando voc√™ viaja para outra cidade ou pa√≠s √©: “Tem muita mulher?” E a segunda √©: “s√£o bonitas?”. Isso n√£o passa de uma sondagem que muitas vezes influencia a decis√£o do solteiro caso ele tenha que se mudar e escolher onde morar.
Isso que estou falando agora não é um dado, é uma suposição partindo dos meus amigos solteiros (não eu porque já sou comprometido e não quero problemas com a patroa), mas acho que acontece isso sim.
Parece que desde insetos até nós, a proporção entre machos e fêmeas importa sim.
S√≥ um errinho na not√≠cia: “Resultados indicam que esp√©cies est√£o mais amea√ßadas do que antes se pensava.” N√£o tem nada disso. S√≥ descobriram mais uma vari√°vel importante que deve ser analisada, que √© a propor√ß√£o macho/f√™mea. A amea√ßa n√£o aumentou, aumentou a nossa compreens√£o sobre o processo.