√Č cedo para pensar em se aposentar?

Boa parte dos pesquisadores que conhecemos s√£o t√£o apaixonados pelo que fazem que pouco pensam na aposentadoria. Isto, no entanto √© um erro. Planejar sua aposentadoria n√£o significa que voc√™ odeia o que faz e est√° contando os dias para parar. Aposentar-se √© o momento no qual voc√™ poder√° escolher a que ir√° se dedicar mais. Voc√™ pode, por exemplo, pular as reuni√Ķes e as corre√ß√Ķes de provas e dedicar-se s√≥ ao laborat√≥rio, ou esquecer os relat√≥rios de presta√ß√£o de contas e passar os dias interagindo com jovens universit√°rios com uma energia contagiante.

Invista na sua aposentadoria agora ou dedique anos de pesquisa para tentar voltar no tempo. Imagem: Universal Studios

Continue lendo…

Anonimato do revisor e revisão às cegas

O padr√£o atual das revistas √© ter revisores an√īnimos. Esse modelo √© interessante na medida que permite expor suas cr√≠ticas sem medo de repres√°lias. No entanto o modelo permite ao revisor a chamada ‚Äús√≠ndrome dos pequenos poderes‚ÄĚ, j√° que a decis√£o sobre o sucesso ou fracasso de uma pesquisa passa a depender, em certa medida, dele. Vale a pena lembrar-se que os pap√©is de revisor e autor s√£o dois que se alternam rapidamente em nossa persona acad√™mica. Gosto especialmente do site da Editorial Manager que mostra na mesma tela os trabalhos onde voc√™ aguarda o parecer de um revisor an√īnimo e os trabalhos de pessoas que aguardam o seu parecer. √Č um bom lembrete da transitoriedade desses pap√©is.

Continue lendo…

Apresenta√ß√£o em P√ļblico

Apresenta√ß√£o em p√ļblico deixou de ser uma incumb√™ncia destinada apenas a grandes executivos, personalidades p√ļblicas ou professores e passou a ser uma atribui√ß√Ķes de qualquer profissional, independente da carreira em que atua, no entanto muitas pessoas tremem ou t√™m calafrios s√≥ de pensar na possibilidade de ter que se expor diante de uma plateia, por menor que ela seja.

Por que o microfone causa tanto medo?

Continue lendo…