Por que recusar uma revis√£o por pares

Às vezes somos obrigados a recusar prestar esse serviço à ciência e temos que rejeitar um pedido de revisão de um editor. Bons referees são raros e um dos principais fatores complicadores para corpos editoriais de periódicos, portanto, seja generoso. Em todo caso, o que justificaria uma recusa de revisão?

Continue lendo…

Apresenta√ß√£o em P√ļblico 2

No primeiro post desta s√©rie destacamos que o ato de falar em p√ļblico pode abranger v√°rias situa√ß√Ķes, desde um bate papo com um amigo at√© uma apresenta√ß√£o formal para uma seleta plateia. Al√©m disso, falamos sobre como deve ser um processo de comunica√ß√£o eficiente.

A partir de agora vamos focar nossos posts nas apresenta√ß√Ķes formais que podem ter diferentes formatos: aulas, semin√°rios, palestras, apresenta√ß√£o de pain√©is em congressos, entre outros. Independente do formato desta apresenta√ß√£o √© fundamental que voc√™ consiga ‚Äúvender o seu peixe‚ÄĚ, ou seja, √© importante que voc√™ consiga convencer seu p√ļblico sobre a mensagem transmitida sem nenhum ru√≠do, ou pelo menos com o m√≠nimo poss√≠vel. Continue lendo…