Dinossauros invadem o interior paulista!!

Exposição sobre paleontologia é inaugurada em São Carlos e dino de 8 metros é a principal atração

Os dinossauros estão soltos e dessa vez, invadiram São Carlos!

Um esqueleto de 8 metros de um dinossauro carnívoro do período Cretáceo é a principal atração. Além dele, mais de 100 peças da coleção da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) estão a mostra.

A exposição, intitulada “Paleoexpo: Dinossauros e outros seres pré-históricos” está sendo realizada na Biblioteca Comunitária da UFSCar, onde permanecerá em exibição até o dia 30 de maio.

Além de réplicas de esqueletos, a exposição conta com dezenas de lajes originais com pegadas de dinossauros e mamíferos pré-históricos. Todas elas com mais de 150 milhões de anos! Essas peças foram encontradas nos arredores dos municípios de Araraquara e São Carlos e integram parte dos projetos de pesquisa do Laboratório de Paleoecologia e Paleoicnologia da universidade.

Fora esse material, que faz parte da maior coleção icnológica ex situ do Brasil, podem ser apreciadas outras dezenas de fósseis autênticos, como ossos e ovos de dinossauros, diversos tipos de peixes pré-históricos, troncos fósseis, coprólitos e até mesmo um fragmento de âmbar com insetos aprisionados. Também está a mostra um dos pedaços do famoso meteorito Uruaçu e réplicas dos crânios dos temidos Tigre-dente-de-sabre, do Velociraptor e dos recém-descobertos e brasileiríssimos Caipirasuchus e crocodilo-tatu,

É uma verdadeira viagem no tempo!

A entrada é gratuita e as visitas podem ser realizadas das 8h às 22h. Elas são todas monitoradas por estudantes da universidade e pelo próprio organizador, o Prof. Marcelo Adorna Fernandes. Para maiores informações ou para agendar visitas em grupo, telefone para (16) 3351-8275.

O campus da UFSCar fica no km 235 da Rodovia Washington Luís, no município de São Carlos, SP.

Sobre o(a) autor(a):

Aline é bióloga, especialista em paleontologia de vertebrados e criadora da rede de divulgação científica "Colecionadores de Ossos". Atualmente é professora adjunta de Paleontologia do Departamento de Geologia da Universidade Federal do Rio Grande (UFRN) do Norte em Natal, RN.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.