Mais Paleontologia na telinha

O Núcleo Audiovisual da UFPE-PROEXT (NAV-CVT UFPE) fez uma série de curtas de pouco mais de 1 minuto sobre Paleontologia, que serão exibidos diariamente na programação da TVU/Canal Brasil. Os Colecionadores de Ossos participaram desse projeto, junto ao PALEOLAB UFPE, coordenado pela Profa. Alcina Barreto, com o objetivo de divulgar a ciência paleontológica e as riquezas dessa ordem que temos em nosso país.

Ainda é uma pequena parcela da sociedade que tem conhecimento sobre a definição de Paleontologia, a existência de núcleos de estudo dessa ciência em nosso país, a sua importância e a extensão do patrimônio fossilífero brasileiro. É por essas e outras razões que a riqueza paleontológica de nosso país é pouco e explorada e quando explorada, feita de forma danosa.

Os Colecionadores de Ossos se aliaram à equipe da Profa. Alcina Barreto em prol da desenvolver uma consciência paleontológica para a sustentabilidade. Esse recurso além de ajudar a produzir conhecimento, pode fornecer uma alternativa sócio-econômica sustentável para a população. A ideia é que os fósseis sejam abrigados em museus locais que ajudem a atrair turismo para a região, além de apoiar as escolas e universidades e promover o desenvolvimento de uma identidade local da comunidade com os fósseis.
Assista os curtas:




Veja mais no canal do Youtube dos Colecionadores de Ossos: CLIQUE AQUI.

Tesouros do Araripe: entrevista na TV

Entrevista da TVU sobre o projeto Tesouros do Araripe.
Realizado pelo PaleoLab, financiado pela ProEXT da UFPE, em parceria com a divulgação científica dos Colecionadores de Ossos.
Haverá um ciclo de curtos vídeos a serem lançadas na televisão (TVU/Canal Brasil) e no youtube onde foram entrevistados alguns paleontólogos do projeto, incluindo nós, a Dra. Alcina Barreto e Rudah Duque.
Para assistir documentários sobre esse projeto (e outros), veja aqui.
[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=Xqo-V3LM1Ww#t=0″]

Em Busca do Permiano: Episódio Extra

Acompanhe a expedição Piauí-Maranhão 2013 em busca de fósseis de vertebrados permianos no nordeste brasileiro. A expedição faz parte de um extenso projeto realizado por um convênio de instituições do mundo todo, mas com base na Universidade Federal do Piauí (UFPI) e liderada pelo paleontólogo Juan Carlos Cisneros.

Nesse episódio extra, compartilhamos algumas das dificuldades enfrentadas durante a Expedição de 2013, acontecimentos comuns durante trabalhos de campo.
Assista mais documentários oficiais dos Colecionadores de Ossos aqui.
 
[youtube_sc url=”https://www.youtube.com/watch?v=J1Buw4_P5PE”]
 

Sobre xixi de Dinossauro Brasileiro na NatGeo

Durante o recente post escrito pelo paleontólogo Brian Switek (The Surprising Science of Dinosaur Pee) no blog Laelaps do canal da National Geographic, um membro do Grupo Colecionadores de Ossos, o Dr. Marcelo Fernandes,  foi mencionado por sua descoberta de xixi de dinossauro.

Os urólitos são raríssimos icnofósseis (i.e fósseis que representam a atividade/comportamento de organismos – nesse caso, a excreção líquida de animais) – que foram pela primeira vez formalmente descritos por Marcelo A. Fernandes para a Bacia do Paraná, Formação Botucatu (Centro-Sul do Brasil).

Durante o fim do Período Jurássico, e o início do Cretáceo (190-160 milhões de anos atrás), São Paulo era semelhante ao Saara. Dinossauros terópodes e ornitópodes que viviam no deserto de dunas da Formação Botucatu deixaram a impressão de seus ‘xixis’ ao longo tempo.

Esses achados são muito importantes para que cientistas compreendam melhor a fisiologia desses animais, suas adaptações ao ambiente árido, a viscosidade/composição do material de sua excreção, entre outros.

Leia mais sobre a descoberta do xixi de dinossauro e implicações científicas no post que escrevemos aqui.

Veja o post de Brian Switek AQUI.

Laje de arenito com preservação de extrusão líquida: Urólito. Foto por Marcelo Adorna Fernandes.

Novo Projeto: Detetives do Passado

Temos a honra de anunciar mais uma das esperadas novidades dos Colecionadores em 2014:

A entrada dos mais novos membros da equipe, Aryel Goes, Gabriel Braga, Pedro Lucas e Victor Alves!! Que a partir desse ano integrarão mais um novo blog da nossa plataforma, o “Detetives do Passado”!!!

O Detetives do Passado faz parte de um projeto chamado “Sala de Estudos”, que criamos para estimular jovens a enveredarem pelos caminhos da Ciência. O blog reúne uma coletânea de textos e resenhas sobre assuntos de interesse em Paleontologia, escritos pelos nossos jovens colaboradores, e também conta com relatos de suas experiências ao longo de seu aprendizado, estudos e formação. Entenda mais sobre o projeto aqui: http://detetives-do-passado.blogspot.com.br/p/este-blog-reune-equipe-de-jovens.html

pag

Mais notícias sobre o projeto de Exu

É com muita satisfação que podemos dizer que o PaleoLab (Laboratório de Paleontologia da UFPE, Recife) está aos poucos mudando o cenário do sertão do Araripe pernambucano.
Abaixo está a entrevista com a paleontóloga responsável pelo projeto, Dra. Alcina Barreto, publicada no Jornal do Comércio nesse último domingo.
Em breve, a região terá seu primeiro Museu Paleontológico e os Colecionadores de Ossos têm o prazer de acompanhar todo esse desenvolvimento.
Haverá mais documentários sobre essa região em 2014. Fiquem atentos.
reportagem