Credulidade Mata #2

20071031.gif

Guia da Prática Impostora, Lição 112: A Exaltação do Irrelevante

Caro Leitor,

√Č notavel a incr√≠vel quantidade de novos produtos fabricados todos os anos que simplesmente n√£o funcionam da forma como s√£o anunciados. Um exemplo s√£o os in√ļmeros produtos para emagrecimento.  H√°, inclusive, certa parcela que alarda capacidades terap√™uticas e medicinais a partir de propriedades que s√£o simplesmente in√≥cuas.

A li√ß√£o de hoje se destina aos adeptos desse tipo de impostura industrial. Vamos aprender como se faz para, em face da pouqu√≠ssima cultura cient√≠fica da popula√ß√£o em geral, fazer algumas montanhas de dinheiro.

Analizemos os famosos jarros/bebedouros/filtros magn√©ticos, por exemplo este:

Com refil filtrante, que e purifica a √°gua e elimina o cloro, o filtro magnetizador ainda magnetiza a √°gua, proporcionando propriedades ben√©ficas a sa√ļde. Al√©m disso √© de f√°cil limpeza, pr√°tico e higi√™nico.
A √°gua imantada proporciona:
Рuma melhora da circulação sanguínea, diminuindo a fadiga e o cansaço;
– o melhor funcionamento dos rins, bexiga e sistema digestivo;
– qualidade f√≠sico-qu√≠mica do sangue, ajudando a combater o colesterol, √°cido √ļrico, triglic√©rides, glicose e creatina.

Vamos por partes.

De forma simples, o que significa imantar/magnetizar um material?

Considere as mol√©culas de uma material qualquer. Elas possuem uma propriedade chamada Momento de Dipolo Magn√©tico (que pode ser natural ou induzido). Vamos representar essa propriedade por uma setinha em cada mol√©cula.

Quando um campo magn√©tico (de um im√£, por exemplo) √© aplicado ao material, suas mol√©culas tender√£o a se alinhar com o campo. Se a subst√Ęncia √© Paramagn√©tica as setinhas apontam no mesmo sentido do campo (ou paralelamente), mas se √© Diamagn√©tica as setinhas apontam no sentido contr√°rio (ou antiparalelamente). A esse alinhamento, tanto paralelo com antiparalelo, damos o nome de Magnetiza√ß√£o.

Entretanto, a Magnetiza√ß√£o n√£o √©, nem de longe, perfeita. As mol√©culas de um material se movimentam aleatoriamente, se chocando umas com as outras e com as paredes do recipiente, que chamamos de Agita√ß√£o T√©rmica.

Nos s√≥lidos as mol√©culas se movimentam pouco, praticamente s√≥ vibram em torno de uma posi√ß√£o. Nos L√≠quidos, e em grau maior nos Gases, as mol√©culas est√£o livres para se movimentar.

Ent√£o, quando aplicamos o campo magn√©tico, as mol√©culas tender√£o a alinhar suas setinhas com o campo. Por√©m, elas continuam se movimentando e se chocando o tempo todo, perdendo continuamente seu alinhamento com o campo. Quanto maior a intensidade do campo aplicado, maior √© a tend√™ncia ao alinhamento e menor √© o efeito da Agita√ß√£o T√©rmica. Num s√≥lido, com um campo forte o suficiente, √© relativamente f√°cil magnetizar a boa parte das mol√©culas. Mas num L√≠quido ou G√°s isso √© muito dif√≠cil em condi√ß√Ķes ambiente.

Quando, ent√£o, retiramos o campo magn√©tico, o efeito da Agita√ß√£o T√©rmica se torna dominante e o material √© rapidamente desmagnetizado. Exceto por algumas subst√Ęncias, tipicamente s√≥lidos, que pondem manter a magnetiza√ß√£o por um grande per√≠odo de tempo mesmo depois da retirada do campo, sendo chamadas de Ferromagn√©ticas.

Agora podemos avaliar o que acontece com a √°gua magnetizada:

  • A √°gua √© uma subst√Ęncia Diamagn√©tica, ou seja, suas “setinhas” alinham-se antiparalelamente ao campo magn√©tico.

  • Por ser um l√≠quido, a magnetiza√ß√£o que adquire est√° longe de significativa para campos de baixa intensidade, como o de um im√£ pequeno.

  • Quando retiramos a √°gua da influ√™ncia do campo magn√©tico ela perde rapidamente sua magnetiza√ß√£o j√° que ela n√£o √© uma subst√Ęncia Ferromagn√©tica.

Ora, evidentemente, para bebermos a √°gua do filtro devemos retir√°-la do mesmo e coloc√°-la num copo, ou algo equivalente.

E o que acontece? A √°gua do copo n√£o est√° mais sob influ√™ncia do campo magn√©tico do im√£ que est√° no filtro, suas “setinhas” n√£o tendem mais a ficar alinhadas com o campo, ou seja, magnetizadas. Ent√£o a √°gua perde sua magnetiza√ß√£o assim que a colocamos no copo para beb√™-la. Ent√£o para todos os efeitos, inclusive biol√≥gicos, ela nunca esteve magnetizada.

O que n√£o impede os fabricantes desses filtros de alardarem a “√Āgua Magnetizada” como uma panacea. O que eles n√£o falam √© que ela estar√° magnetizada apenas, no m√°ximo, enquanto estiver DENTRO do filtro, ent√£o pouco importa se a √°gua magnetizada cura realmente alguma coisa, j√° que a √°gua que voc√™ beber√° n√£o estar√° magnetizada.

Existe outra infinidade de produtos como o acima. Fazem quest√£o de anunciar que funcionam por tais e tais processos, e que emitem tais e tais “ondas”, e curam tais e tais doen√ßas, mas no fim s√£o, quase completamente, in√ļteis.

S√£o eles: os Colch√Ķes “Magn√©ticos”, os Secadores de Cabelo com “√ćons” ou “Infravermelho”, Filtros com “Infravermelho”, Purificadores de ar que emite “√ćons Negativos” e outros.

Entretanto, o leitor pode argumentar: “Mas eu tenho o Produto X que voc√™ falou e ele funcionou muito bem comigo. Estou mais Saud√°vel/Bonito/Rico, ent√£o o Produto X funcionou, certo?

ERRADO!

Todo impostor desenvolve seu produto para parecer que funciona. Para mais detalhes leia a Li√ß√£o 314 deste guia.

Ent√£o lembre-se, querido impostor, que voc√™ deve sempre atribuir ao seu produto propriedades incr√≠veis devido a mecanismos que o p√ļblico n√£o faz id√©ia do que significam, citando, quando poss√≠vel, termos cient√≠ficos inintelig√≠veis aos leigos.

Ignor√Ęncia √© Dinheiro deve ser o mote de todo impostor eficiente.

Agora mãos à massa. Façam os seguintes exercícios para praticarmos os conceitos dessa lição.

Exerc√≠cio 1: Voc√™ precisa anunciar um produto feito de “mol√©culas inst√°veis” e outro que emite “Quarks Charm de Alta Energia”. Atribua-lhes qualidades que atrairiam potenciais compradores.

Exerc√≠cio 2: Determinado produto diz aumentar as capacidades ps√≠quicas dos usu√°rios. Descreva seu funcionamento.

Coloquem suas respostas para os exerc√≠cios nos coment√°rios abaixo.

Até a próxima lição.

Credulidade Mata #1

20071007.gif

Como capturar um Le√£o no Saara?

M√©todos “Alternativos”* para se capturar um Le√£o no Saara:¬†

M√©todo Homeop√°tico: Dilua o deserto inteiro em 100 partes de √°gua. Tome uma parte da solu√ß√£o e dilua novamente em 100 partes de √°gua. Repita o processo cerca de 30 vezes. Por fim, pegue uma gota da solu√ß√£o final. A mem√≥ria da √°gua nos garante que ela ter√° um efeito equivalente a muitos le√Ķes, ent√£o voc√™ n√£o precisa mais se preocupar com o m√©todo Alop√°tico de¬†capturar UM le√£o no Saara.

M√©todo Astrol√≥gico: A Lua do le√£o est√° em G√™meos. Isso quer¬†dizer que ele √©¬†um pouco¬†pregui√ßoso, mas sabe¬†trabalhar duro quando √© necess√°rio.¬†Marte em Sagit√°rio nos diz que¬†ele n√£o faz muitos amigos, mas os que ele tem s√£o¬†bem pr√≥ximos. Merc√ļrio em Escorpi√£o mostra que ele √© bastante t√≠mido na¬†presen√ßa de desconhecidos mas √© extrovertido junto aos amigos. E por fim, ele t√™m Plut√£o em Le√£o o que torna claro que ele n√£o gosta nem um pouco de ser capturado, e ele t√™m √Čris em Ofi√ļco¬†que nos prova¬†que voc√™ deveria¬†desistir de capturar esse le√£o.¬†¬†¬†

M√©todo Numerol√≥gico: “Captura” resulta num n√ļmero 3, assim com “Le√£o”. Mas “Saara” resulta num 8. Voc√™ deve ent√£o mudar o nome do deserto para “Saarah” para que a soma seja 5 e combine com os¬†3’s de forma que a vibra√ß√£o e a energia destes n√ļmeros¬†tornem mais f√°cil¬†capturar um Le√£o no decorrer da sua vida. De forma alguma renomeie o deserto como “Sara”, j√° que isso resulta num¬†7 e voc√™ nunca¬†conseguir√° capturar o Le√£o devido √†s vibra√ß√Ķes negativas desse n√ļmero.¬†¬†¬†

M√©todo Espiritualista-Qu√Ęntico: Devido √† n√£o-localidade dos fen√īmenos qu√Ęnticos sabemos que a¬†mente do le√£o forma um campo de consci√™ncia que cobre todo o deserto. Ela pode ent√£o realizar¬†um salto¬†qu√Ęntico para uma exist√™ncia de maior energia, mais pr√≥xima dos Mestres Ascencionados.¬†Isso¬†√© demonstrado pela diferen√ßa na cor da aura do le√£o¬†devido¬†a sua¬†mudan√ßa para uma frequ√™ncia¬†vibrat√≥ria¬†superior onde ele pode realizar os mais incr√≠veis feitos como a¬†telepatia e a levita√ß√£o. N√£o obstante, o le√£o estar√°¬†num n√≠vel de ilumina√ß√£o maior que o seu e¬†voc√™ nunca poder√° captur√°-lo.¬†¬†¬†

M√©todo Ufol√≥gico:¬†Voc√™ pode, atualmente, capturar um le√£o no Saara. Entretanto, √© imposs√≠vel que os povos antigos pudessem capturar¬†um le√£o¬†no Saara, j√°¬†que n√£o tinham a tecnologia necess√°ria. Ent√£o √© √≥bvio que os povos antigos tiveram ajuda de alien√≠genas para capturar¬†um le√£o no¬†Saara, como demonstra o alinhamento das pir√Ęmides do Egito com a Constela√ß√£o do Le√£o, e os hieroglifos da forma de le√Ķes acompanhados de¬†outros da forma de disco que podem ser encontrados na Grande Pir√Ęmide.¬†¬†¬†

Método de Regressão à Vidas Passadas: Em alguma vida passada, você foi um leão do Saara que foi capturado, o que resultou num grande trauma que ficou marcado no seu Karma e foi carregado para todas suas existências seguintes. Gaste uma fortura com uma terapia de Regressão e descubra como foi captura. Agora é só usar o mesmo método.

M√©todo Teorista da Conspira√ß√£o: N√£o h√° le√£o algum no Saara. Isso √© s√≥ uma jogada dos Illuminati para manter todos na ignor√Ęncia e conservar seu poder para¬†criar a Nova Ordem Mundial. V√° para casa e escreva um artigo de tabl√≥ide e um livro sobre isso. N√£o confie em ningu√©m!

M√©todo d’O Segredo: Pense¬†a todo¬†momento que voc√™¬†VAI capturar o le√£o.¬†As vibra√ß√Ķes emitidas pelo seu pensamento far√£o com que¬†o Universo¬†conspire ao seu favor e o le√£o venha¬†at√© voc√™ para ser capturado. Mas s√≥ se voc√™ pensar positivo! N√£o importa o quanto o Le√£o pense positivo, sabemos que o Universo gosta mais dos seres humanos que dos le√Ķes.

O que acharam? Voc√™s conhecem algum outro m√©todo “alternativo”?

*Baseados em m√©todos reais de captura de Le√Ķes no Saara!

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Pol√≠tica de Privacidade | Termos e Condi√ß√Ķes | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


P√°ginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM