Igreja quer mandar no governo, não ser o governo


Da agência de notícias Reuters, via Portal Estadão: A Igreja Católica tem um papel vital em formar políticas sociais, mas não quer usurpar as autoridades seculares, disse neste sábado o papa Bento XVI.E mais adiante, na mesma nota:Um dia pós passear pelos Jardins do Vaticano com o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, com quem se alinha em muitos assuntos morais, o papa disse que a Igreja tinha o papel de “apoiar (os governos) em seu trabalho e sempre propor cooperar com eles para o bem de todos”.
 
 

Não vou nem entrar no mérito de discutir o que diabo (ops!) Sua Santidade entende como “o bem de todos” (condenar homossexuais a uma vida de castidade forçada, por exemplo?), mas alguém aí se lembra da Inquisição? Naquela época a Igreja também não governava, apenas aconselhava: quem queimava as bruxas na estaca era o “braço temporal”, i.e., “as autoridades seculares”.
Deesculpe, moço, mas esse tipo de apoio a gente dispensa.

Discussão - 0 comentários

Participe e envie seu comentário abaixo.

Envie seu comentário

Seu e-mail não será divulgado. (*) Campos obrigatórios.

Categorias

Skip to content

Sobre ScienceBlogs Brasil | Anuncie com ScienceBlogs Brasil | Política de Privacidade | Termos e Condições | Contato


ScienceBlogs por Seed Media Group. Group. ©2006-2011 Seed Media Group LLC. Todos direitos garantidos.


Páginas da Seed Media Group Seed Media Group | ScienceBlogs | SEEDMAGAZINE.COM